Quer Participar do "Espaço do Internauta"? Envie seu vídeo para
midiajogos@yahoo.com

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Espaço do Internauta (33)

Olaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaà galera da midia jogos, hoje mais um vídeo Internacional do nosso amigo(GONÇALO CORREIA DE VILA REAL PORTUGAL),vai falar do Jogo( KILZONE 2 para PLAYSTATION 3) não esqueçam de comentar.


Quer Participar do "Espaço do Internauta"? Envie seu vídeo para midiajogos@yahoo.com.br

Novo "Prince of Persia" continua saga "Areias do Tempo"


A produtora e distribuidora francesa Ubisoft anunciou oficialmente "Prince of Persia: The Forgotten Sands", continuação da famosa série de ação e aventura. O lançamento está marcado para maio de 2010, para consoles de mesa e portáteis, ainda sem citar quais especificamente.

A maior novidade neste novo título é o retorno da saga das Areias do Tempo, iniciada em "Prince of Persia: The Sands of Time", de 2003, e pegando carona no filme que adapta a aventura para os cinemas, a estrear nas telonas em junho do próximo ano.

Até o momento não há qualquer novidade adicional, exceto que terá elementos de plataforma e inovará mecânicas vistas anteriormente. Geoff Keighley, jornalista da "Spike TV" anunciou no Twitter que a premiação Video Game Awards 2009 trará um trailer exclusivo da nova aventura do príncipe.

"Splinter Cell: Conviction" terá cooperativo, diz revista.



A publicação inglesa PC Zone afirmou que a edição seguinte da revista trará impressões da modalidade cooperativa de "Splinter Cell: Conviction", além de revelar um modo de jogo inédito.

"Conviction" não seria o primeiro da série a possuir um modo em que jogadores colaboram entre si para cumprir as missões. O terceiro game da série, "Chaos Theory", já teve uma modalidade assim. Por ora, não se sabe se a campanha principal de "Conviction" poderá ser jogada cooperativamente, ou se o modo terá um enredo separado.

Em "Splinter Cell: Conviction", o jogador entra novamente na pele de Sam Fisher, um perito em espionagem que conta com a ajuda de inúmeros equipamentos de última geração, ajudando assim a desbaratar grupos terroristas, dentre outras organizações que tem como objetivo desestabilizar a paz mundial em benefício próprio.

Além disso, o agente tem uma razão a mais: descobrir o que está por trás da morte de sua filha, e que ligação o fato tem com a Third Echelon, a agência no qual Fisher trabalhou por muito tempo.

O game está previsto para PC e Xbox 360, com lançamento programado para 23 de fevereiro nos Estados Unidos.

Produtora bane trapaceiros em "Modern Warfare 2"


A produtora Infinity Ward conduziu neste final de semana uma série de banimentos para tentar minimizar a quantidade de trapaceiros na versão para PC de "Call of Duty: Modern Warfare 2".

Próximo do lançamento do título, a produtora anunciou que o título não teria servidores dedicados, supostamente para dificultar o trabalho de hackers que costumam alterar ilegalmente o código do jogo.

No entanto, tal decisão parece não ter surtido o efeito desejado, já que o título foi modificado para que funcionasse com servidores dedicados.

"Os melhores estão cuidando disso. Na verdade, o martelo do banimento no Steam está descendo hoje [sexta-feira] sobre 2.500 trapaceiros confirmados de 'Modern Warfare 2' para PC", disse pelo Twitter Robert Bowling, estrategista de criação da Infinity Ward.

Guerra contemporânea

"Call of Duty: Modern Warfare 2" se passa cinco anos depois de "Call of Duty 4". Mesmo depois dos esforços dos Estados Unidos e Reino Unido, os ultranacionalistas tomam o controle da Rússia. O vilão do jogo antecessor, Imran Zakhaev, vira mártir e um de seus subordinados diretos, Vladimir Makarov, começa uma campanha de terrorismo na Europa. Um dos massacres acontece em um aeroporto russo.

Um dos dois protagonistas do título anterior, John "Soap" MacTavish, foi promovido a capitão da SAS, o grupo militar de elite do Reino Unido. Ele é um dos personagens que assumem a unidade Task Force 141, que também vê a volta de um personagem conhecido mais tarde. O game começa no Afeganistão, na visão do soldado Joseph Allen, dos Rangers norte-americanos. A partir daí, as missões acontecem em localidades da Rússia, dos Estados Unidos e até do Brasil, quando o Task Force 141 vai investigar uma favela carioca.

O título está disponível para PC, Xbox 360 e PlayStation 3.

Lançamentos: game de "Avatar" é atração da semana.


A estreia de "Avatar", da James Cameron, tido como o próximo passo na evolução de efeitos especiais e outros elementos tecnológicos da indústria do cinema, acontece em 18 de dezembro. Porém, o game baseado na obra chega às prateleiras nesta semana, produzido pela Ubisoft.

Para criar o jogo da forma mais fiel possível, Cameron trabalhou bem de perto com a equipe de desenvolvedores e forneceu todo tipo de material. O game de ação expande a aventura e proporciona uma grande infinidade de itens, desde tanques a naves, para que o jogador possa explorar todos os cantos de Pandora e colocar fim ao conflito.

No PC, o simulador de rali "Dirt 2" chega atrasado em relação à versão para consoles, enquanto o Wii recebe "Resident Evil 0", episódio que antecede os incidentes em Raccoon City e que, no console da Nintendo, implementa novidades para os controles.

Confira a lista completa dos jogos que serão lançados nos EUA nos próximos dias:

PC

. Dirt 2
. James Cameron's Avatar: The Game
. Rogue Warrior

DS

. 7 Wonders II
. Alvin & the Chipmunks: The Squeakquel
. Dreamer: Zoo Keeper
. James Cameron's Avatar: The Game
. Might & Magic: Clash of Heroes
. MX vs ATV: Reflex
. Reader Rabbit Kindergarten
. Safecracker

PlayStation 3

. James Cameron's Avatar: The Game
. MX vs ATV: Reflex
. Rogue Warrior

PSP

. MX vs ATV: Reflex

Wii

. Alvin & the Chipmunks: The Squeakquel
. James Cameron's Avatar: The Game
. Rec Room
. Resident Evil 0
. Rogue Trooper
. Storybook Workshop
. Yoga

Xbox 360

. James Cameron's Avatar: The Game
. MX vs ATV: Reflex
. Rogue Warrior

As datas de lançamento dos jogos citados acima estão sujeitas à alteração. Não há previsão de novidades para PlayStation 2, de acordo com o calendário das principais revendas de jogos norte-americanas.

domingo, 29 de novembro de 2009

Para Sony, PSP go não prejudica vendas de modelo 3000.


Em uma declaração feita ao site britânico GamesIndustry, Andrew House, presidente Sony Computer Entertainment para a Europa, afirmou que o PSP go, novo modelo do portátil da companhia, não está "canibalizando" as vendas do PSP-3000.

Enquanto o modelo inicial - cuja revisão de hardware mais recente é a 3000 - usa os discos no formato UMD, o PSP go se baseia plenamente na distribuição digital, sem contar com o leitor de tais discos.

"Acho que sempre fomos bem claros, desde os anúncios originais, que este não era um substituto ao atual PSP-3000, e que ele fica lado a lado com isto e as mídias em embalagens", afirma.

"Ele soma aos negócios. Os primeiros números de vendas que vimos mostram isto - não acho que tenha acontecido uma grande quantidade de canibalização, e acho que estas vendas vieram e aumentaram os números gerais do PSP. Ele claramente demonstrou que há um consumidor lá fora, e validou esta proposta de irmos rumo ao download digital como o meio preferido de obter conteúdo", finaliza.

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Konami diz estar apreensiva com novo "Castlevania"



Falando ao site GameReactor, Dave Cox, chefe da divisão europeia da Konami, disse que "Castlevania: Lords of Shadow" é muito diferente dos outros games da série, e isso está gerando tensão dentro da companhia.

"Estamos um pouco nervosos sobre a possibilidade dele não ser aceito como um game da série 'Castlevania'", afirmou o também supervisor do game.

Ele relembrou que o game foi primeiramente anunciado como "Lords of Shadow", possibilitando que a empresa pudesse medir o interesse do público sobre o projeto, embora tenha sido concebido como um jogo da franquia "Castlevania". Como este interesse foi grande, a Konami decidiu então confirmar o nome "Castlevania" e garantir que o título tivesse sua identidade ligada à série.

Não é a primeira vez que a empresa usa este tipo de estratégia. Anos atrás a Konami anunciou o game "The Room", título de terror em terceira pessoa que mostrava cenas bizarras de um apartamento tomado por estranhas criaturas. Como o interesse sobre o game cresceu, a empresa resolveu agregar a ele o nome "Silent Hill", mesmo com o título tendo poucas ligações com a série de sucesso.

Apocalipse

"Castlevania: Lords of Shadow" acontece no "fim dos dias", quando a aliança da Terra com os Céus é ameaçada por uma força malévola - o tal "senhor das trevas" a que o título se refere. Sendo um jogo da linha "Castlevania", parece clara a identidade dessa encarnação do Mal.

O protagonista tem o nome de Gabriel (dublado por Robert Carlyle, de "Trainspotting" e "Extermínio 2"), membro da Irmandade da Luz, um grupo de elite de cavaleiros sagrados que protege os inocentes dos poderes sobrenaturais. "Sua amada esposa foi assassinada brutalmente por forças malévolas das sombras e sua alma aprisionada pela eternidade", diz a Konami sobre o personagem. Sua luta é para trazer a paz de volta ao mundo.

O elenco estrelado de dubladores ainda inclui Patrick Stewart (o Professor Xavier do longa-metragem de "X-Men"), Ian McKellen (da trilogia "O Senhor dos Anéis" e também de "X-Men"), Natasha McElhone ("A Outra") e Jason Isaacs (o Lucius Malfoy da franquia "Harry Potter").

"Castlevania: Lords of Shadow" está previsto para sair no Xbox 360 e PlayStation 3 em 2010.

Capa indica que "Final Fantasy XIII" não terá instalação.



Uma suposta imagem da capa de "Final Fantasy XIII" publicada no Unofficial Final Fantasy Site indica que o aguardado RPG da Square Enix não terá instalação, e que o tamanho de cada "save" do jogo é pequeno: 500 KB por arquivo.

A imagem confirma também que o game tem suporte a áudio LPCM 5.1, de maior qualidade, e que o jogo rodará em resolução de 720p, enquanto as cenas em CG, ou cenas não-interativas, serão apresentadas em alta definição de 1080p.
O jogo traz como protagonista uma garota apelidada Lightning, que foi escolhida pelo cristal mítico para ser a "inimiga da raça humana que quer destruir o planeta". O mundo desse episódio está dividido entre a cidade Cocoon, um casulo que é uma utopia de tecnologia, e a Pulse, um local para onde vão os indesejados.

O lançamento ocorre em 17 de dezembro no Japão, exclusivamente para o PlayStation 3, e no dia 9 de março de 2010 nos Estados Unidos e Europa, para PS3 e Xbox 360.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Maquina do tempo (07)

Colecionador de games

Já ouviu falar do Playdia? E do Twin Famicon? Esses são apenas dois dos videogames antigos que fazem parte da extensa coleção de Moacyr Alves. Fanático por games, ele começou a comprar video-games há apenas quatro anos e já conta com 119 aparelhos diferentes, de todas as épocas, de todos os países e de todas as características! Ele chegou a aprender japonês para ler os manuais dos principais aparelhos. Confira!

Amazon francesa lista edição especial de "Gran Turismo 5"


A unidade francesa da Amazon, uma das maiores redes de lojas online, listou em seu catálogo uma versão especial de "Gran Turismo 5", título de automobilismo da Polyphonic Digital para o PlayStation 3.

A edição especial tinha o preço listado de 75 euros, cerca de US$ 113, além de uma versão "normal" que será vendida por 66 euros, ou US$ 97. Ambas as versões tem lançamento marcado para o dia 31 de março.

Apesar do item estar presente no catálogo da empresa, não existe nenhuma informação sobre o conteúdo presente nesta versão especial. Paralelo a isso, o criador Kazunori Yamauchi exibiu durante uma apresentação sobre o game uma versão do jogo que continha três discos de blu-ray. Até o momento não foi esclarecido sobre o que se tratava a tal versão, listada por alguns como a versão especial que será vendida no lançamento do game.
A grande novidade de "Gran Turismo 5" é a introdução do sistema de danos, que produz amassados e outras avarias quando os veículos sofrem acidentes. O game prevê 20 pistas, com 60 configurações de trajeto, além de multiplayer online, álbum de fotos e de replays, inclusive uma opção para publicar os vídeos diretamente no site YouTube. O modo de fotografia permite captar imagens durante a corrida, como antes, mas também há um ambiente específico para isso. O Gran Turismo TV também está de volta, e agora permite ver os vídeos no PSP.

O game está previsto para sair em março de 2010 no Japão. Nas demais regiões, ainda não há data especificada.

"Uncharted 3" está 'garantido', afirma dublador.


Durante uma entrevista cedida à Official PlayStation Magazine, Nolan North, dublador do personagem Nathan Drake, afirmou que o terceiro capítulo da série "Uncharted" está "garantido". "Seria financeiramente irresponsável não fazer um terceiro jogo", comentou durante a entrevista.

Até o momento a Naughty Dog, produtora do título, não confirmou o desenvolvimento do terceiro game da série. Enquanto isso, crescem os rumores de que o ator australiano Hugh Jackman, que fez o personagem Wolverine no cinema, seja mesmo o eleito a viver Drake nas telonas.

Por falar no filme, o escritor Kyle Ward, responsável pelos roteiros dos futuros filmes de "Kane & Lynch" e "Hitman 2", pode ter deixado a produção do longa-metragem baseado em "Uncharted", um dos maiores sucessos do PlayStation 3.

De acordo com o site especializado em cinema Latino Review, Ward foi retirado da produção pelo estúdio Sony Pictures e pelo produtor Avi Arad, que não quiseram aguardar os impedimentos contratuais do roteirista para o início da produção do longa-metragem. No lugar dele, o estúdio teria escolhido a dupla Thomas Dean Donnelly e Joshua Oppenheimer, responsáveis pelo recomeço de "Conan" nos cinemas, que sequer foi filmado. A decisão, entretanto, ainda não foi oficializada pela Sony Pictures.

As novas aventuras de Drake

Lançado em 13 de outubro, a continuação de "Uncharted: Drake's Fortune" entra novamente no clima de filmes de ação com exploradores, como "Indiana Jones", mas a produtora afirma que melhorou o sistema de combate, principalmente no de corpo-a-corpo. Se o primeiro jogo era essencialmente single-player, a continuação também investe em modalidades multiplayer, para até dez jogadores na opção competitiva e três na cooperativa.

TV revelará novo game de "Star Wars" em dezembro.


Várias empresas planejam mostrar seus novos games durante o Video Game Awards, premiação dos melhores jogos, produtores e empresas relacionadas ao mercado de jogos eletrônicos e que será transmitido pela Spike TV no próximo mês.

Além de "Halo Reach", da Bungie, e "Tron", da Disney Interactive, está confirmado que mais um game da série "Star Wars" será revelado durante o evento.

A informação foi confirmada por meio de uma mensagem do jornalista Geoff Keighley em seu Twitter. Apesar da confirmação, não existe qualquer informação sobre o game, mas especula-se que possa ser um novo game da série "Star Wars: Battlefront". O Video Game Awards vai ao ar em dia 12 de dezembro nos Estados Unidos.

Pacote de "Modern Warfare 2" vem até meados de 2010.


Através uma mensagem do Twitter, Robert Bowling, estrategista de criação da Infinity Ward, afirmou que o primeiro pacote de conteúdo extra para "Call of Duty: Modern Warfare 2" será lançado no segundo trimestre de 2010. Detalhes do pacote ou preço não foram mencionados.

Recentemente, Bowling afirmou que fases adicionais para o modo Spec Ops era uma opção a ser considerada.

Recentemente, hackers disseram que o jogo já continha em seu código modalidade multiplayer como Global Thermonuclear War (de captura a uma arma nuclear), One Flag (captura de bandeira) e VIP (proteção de personagem-chave por um time e de assassinato pela outra equipe).

Para o analista Ben Schachter, da Broadpoint AmTech, conteúdos adicional de "Modern Warfare 2" renderão US$ 140 milhões apenas em 2010. Isso quer dizer que, se cada conteúdo custar US$ 10 (esse é o valor que foi estipulado para cada pacote de mapas dos dois games anteriores), serão feito 14 milhões de downloads.

Guerra contemporânea

"Call of Duty: Modern Warfare 2" se passa cinco anos depois de "Call of Duty 4". Mesmo depois dos esforços dos Estados Unidos e Reino Unido, os ultranacionalistas tomam o controle da Rússia. O vilão do jogo antecessor, Imran Zakhaev, vira mártir e um de seus subordinados diretos, Vladimir Makarov, começa uma campanha de terrorismo na Europa. Um dos massacres acontece em um aeroporto russo.

Um dos dois protagonistas do título anterior, John "Soap" MacTavish, foi promovido a capitão da SAS, o grupo militar de elite do Reino Unido. Ele é um dos personagens que assumem a unidade Task Force 141, que também vê a volta de um personagem conhecido mais tarde. O game começa no Afeganistão, na visão do soldado Joseph Allen, dos Rangers norte-americanos. A partir daí, as missões acontecem em localidades da Rússia, dos Estados Unidos e até do Brasil, quando o Task Force 141 vai investigar uma favela carioca.

O título está disponível para PC, Xbox 360 e PlayStation 3.

Dois milhões acessaram Facebook pela Xbox Live.


De acordo com dados da Microsoft, ao menos duas milhões de pessoas utilizaram o Facebook por meio do Xbox 360 desde que o serviço foi lançado na terça-feira (17) da semana passada. Segundo a informação, este número representa 10% de todas as contas da Xbox Live.

Além disso, nas primeiras 24 horas da mais recente atualização do sistema do Xbox 360, mais de meio milhão de contas foram criadas no Last.fm (o serviço não funciona no Brasil), aproximadamente 120 milhões de minutos de música foram transferidos pelo serviço e mais de 1,7 milhão de usuários assistiram um vídeo via streaming com o dispositivo portátil Zune.

A mais recente atualização da Xbox Live trouxe integração de sites sociais da internet com a rede do Xbox 360. O Twitter, serviço de microblogs que é quase um mensageiro instantâneo, virou febre, com previsão de 25 milhões de usuários até o final do ano. Já o Facebook é um site de relacionamentos, no mesmo molde do Orkut, com mais de 300 milhões de usuários, segundo Mark Zuckerberg, fundador e executivo-chefe da empresa homônima que controla o serviço.

O Last.fm reúne funções como rádio online, agregador de músicas e rede social enquanto o Zune Video integra o Mercado Zune ao Xbox 360, permitindo que os usuários acessem as novidades para o portátil de mídia da Microsoft através do console.

Conteúdo de "Fight Night Round 4" vem em 3 de dezembro.


A Electronic Arts confirmou hoje o preço do novo conteúdo que estará disponível no dia 3 de dezembro, tanto no Xbox 360 quanto no PlayStation 3, para o jogo de boxe "Fight Night Round 4".

Ao todo haverá dois novos modos de jogo e um pacote com três lutadores extras: Evander Holyfield, Sonny Liston e Bernard Hopkins.

Já os modos de jogo são o Ring Rivalry, que permite o uso de 20 opções diferentes, podendo assim recriar algumas lutas clássicas, e o Old School Rules, que simula regras clássicas do esporte, modificando a mecânica de jogo.

O pacote com as três novidades juntas sai por US$ 10 (800 MS Points no Xbox 360). O pacote com lutadores e o Old School Rules podem ser adquiridos separadamente por US$ 2 (160 MS Points) cada um, enquanto o Ring Rivalry está disponível por US$ 4 (320 MS Points).

"Fight Night Round 4" é uma produção da divisão EA Canada, e traz uma versão melhorada do motor gráfico do game anterior. Esta edição inclui lendas do ringue de várias eras, desta vez incluindo Rocky Marciano, Júlio César Chávez, Sugar Ray Leonard, Mike Tyson e a lenda Muhammad Ali.

Agora, roteirista da Ubisoft fala sobre "Far Cry 3"


O roteirista Kevin Shortt comentou em entrevista à Official PlayStation Magazine que não está envolvido na produção de "Far Cry 3". Apesar disso, afirma que conhece o time que está desenvolvendo o game e aquilo que eles estão fazendo tem se mostrado bastante empolgante.

As informações oficiais sobre o desenvolvimento do game são bastante escassas. Em agosto, Patrick Redding, designer de narrativa da Ubisoft Montreal, comentou que o próximo título da série será ambientado na África, já que o time de desenvolvimento ainda tem planos para este cenário, acreditando que esse cenário ainda possa render bons frutos.

Apesar da informação, pouco se sabe sobre a história do terceiro game da saga, e nenhuma decisão oficial sobre sua ambientação foi confirmada até então.

"Far Cry 2" é ambientado em um país na África que se encontra em plena guerra civil. Os jogadores devem tentar acabar com a hostilidade local, neutralizando o tráfico de armas que abastece os dois lados e se enriquece com essa guerra. A área total do cenário de jogo mede cerca de 50 km², e o arsenal é inicialmente composto de 30 armas. Pelo menos 15 veículos podem ser utilizados na conclusão das missões.

Já "Far Cry" original, desenvolvido pela alemã Crytek e lançado para PC em 2004, se passava em uma ilha tropical, mesmo cenário escolhido pela produtora para seu projeto seguinte, "Crysis". "Far Cry" foi, posteriormente, convertido para Xbox, Xbox 360 e Wii pela Ubisoft Montreal.

"Assassin's Creed II" vende 1,6 milhão em uma semana


A Ubisoft anda com motivos para comemoração: "Assassin's Creed II", seu jogo de maior peso nesta disputada época do ano para os fãs de videogame, teve um bom desempenho em sua semana de lançamento.

Segundo estimativas internas da companhia, a sequência ao jogo de ação e aventura atualmente disponível para Xbox 360 e PlayStation 3 vendeu mais de 1,6 milhão de unidades na semana de estreia. A versão para PC está prevista para o início de 2010.

A empresa reforça que foram jogos efetivamente vendidos, e não apenas unidades enviadas às lojas. Em comparação ao primeiro "Assassin's Creed", foi uma alta de 32%. A Ubisoft também afirma que o primeiro jogo continua sendo a série original com as vendas mais rápidas nos últimos dois anos nos Estados Unidos.

Com "Assassin's Creed II", "Rabbids Go Home" e "James Cameron's Avatar: The Game", este previsto para 1º de dezembro, a empresa prevê seu lucro trimestral aumentando em 6% em comparação ao mesmo período em 2008. Isto daria uma boa ajuda nos cofres da companhia; vale notar que a distribuidora relatou uma queda de 52% nas vendas do primeiro semestre fiscal de 2009/10 na comparação ano-a-ano.

Um assassino na Renascença

Ambientado na cidade de Veneza, na Itália, dois séculos após o capítulo original, "Assassin's Creed II" centra-se na história de Ezio Auditore de Firenze, um jovem da nobreza italiana e o grande assassino da continuação. A nova aventura traz mais variedade - o aspecto mais criticado no capítulo original - e utiliza vários pontos famosos da cidade das gôndolas como referência, entre eles o ateliê de Da Vinci, a Basilica di San Marco e Ponte di Rialto.

Acompanhando a evolução, Ezio conta com habilidades e armas superiores às de Altair, protagonista do primeiro game, como surpreender inimigos sem despertar suspeitas enquanto estiver camuflado na multidão - como acontecia entre os monges no original. Ezio carrega duas lâminas ocultas - a principal arma usada por Altair - além de poder usar machados, maças, lanças e dois tipos diferentes de espadas.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Dublador sugere filme de "Call of Duty: Modern Warfare 2"


Um filme de "Call of Duty" pode estar a caminho, ao menos é o que indica uma reportagem do jornal New York Post. De acordo com as informações, Kevin McKidd, dublador do personagem John "Soap" MacTavish em "Modern Warfare 2", sugeriu a produção de um filme inspirado no mais recente título da série. McKidd comentou sua participação na dublagem do game, além de projetos futuros.

"Eles estavam procurando por um ator escocês e durão, mas não conseguiram o Gerard Butler [de ""300"], então eles pegaram o Gerard Butler número 2, eu", falou, sobre sua entrada no elenco.

"Eu não tinha ideia sobre a proporção que 'Modern Warfare' tomaria, e agora estão até falando sobre um filme", sugeriu McKidd. Quando questionado sobre sua participação em um possível filme, ele brincou. "Se o roteiro for bom, e se o Gerard [Butler] não estiver disponível, eu topo", finalizou.

Guerra contemporânea

"Modern Warfare 2" acontece cinco anos depois de "Call of Duty 4". Mesmo depois dos esforços dos Estados Unidos e Reino Unido, os ultranacionalistas tomam o controle da Rússia. O vilão do jogo antecessor, Imran Zakhaev, vira mártir, e um de seus subordinados diretos, Vladimir Makarov, toma seu lugar, iniciando uma campanha de terrorismo na Europa. Na maior parte do tempo, o jogador controla o sargento Gary "Roach" Sanderson, membro de um grupo de elite internacional chamado Task Force 141.

O game começa no Afeganistão, na visão do soldado Joseph Allen, dos Rangers norte-americanos. A partir daí, as missões acontecem em localidades da Rússia, dos Estados Unidos e até do Brasil, quando o Task Force 141 vai investigar uma favela carioca. O título está disponível para PC, Xbox 360 e PlayStation 3.

"Aion" tem 16 mil banidos por comportamento inadequado.


Foi por meio de um post feito no fórum oficial da empresa que a NCosft confirmou a primeira grande onda de banimentos em Aion, novo game online para múltiplos jogadores da empresa.

O motivo para as exclusões é o uso de programas que automatizam o jogo, os chamados Bots, além da prática de "gold farming" e troca de moeda virtual por moeda real - práticas estritamente proibidas de acordo com os termos de uso da empresa.

"Qualquer ação que modifique o client ou automatize da mesma forma que um bot faz pode ser potencialmente marcada como uma violação", esclareceu Andrew Beegle, gerente de comunidade de Aion.

A prática de banimentos massivos deste tipos são normais para jogos do gênero e a venda de dinheiro virtual e automação das ações geralmente prejudica em larga escala a economia virtual do game.

"Aion" conta a eterna luta entre céu e inferno no mundo de Atreia. Os jogadores poderão encarnar tanto em anjos quanto em demônios - sendo que o poder do voo é um diferencial, mudando esquemas de luta, exploração e mais - cada qual com suas próprias características. Além disto, também existirá uma raça de dragões, uma espécie de meio-termo entre as principais raças.

PlayStation Network é diferencial da Sony, diz executivo.


Durante recente entrevista, o diretor presidente da Sony Computer Entertaiment, Kaz Hirai, comentou sobre a importância da rede online PlayStation Network para o futuro estratégico da empresa.

Hirai comentou que a possibilidade de usar uma mesma rede em diversas plataformas é o que dá vantagem à Sony sobre seus competidores.

"Este é o tipo de combinação que não vemos em todos os lugares. Eu acho que é onde reside o centro de nossa competência, e isso é um diferencial para a Sony", afirmou o executivo. Apesar de admitir que os produtos da empresa careciam de comunicação melhor e integração entre eles, Hirai diz que o uso da PlayStation Network ajuda hoje a agregar valor à marca.

A idéia central é de que a PlayStation Network seja utilizada não só por meio do PlayStation 3 e PSP, mas também por outras linhas de produtos, como é o caso da nova linha de celulares Aino Sony Ericsson, que agrega a função de Remote Play, permitindo que o usuário controle à distância seu PlayStation 3, além de permitir streaming de conteúdo por meio de conexão sem fio.

Editora Europa lança guia oficial de "FIFA 10" no Brasil.


A Editora Europa anunciou para este mês de novembro o lançamento do "Guia de Jogo Oficial Licenciado FIFA 10", uma publicação de 204 páginas que oferece informações detalhadas sobre o game da Electronic Arts.

Entre o material constam informações de cada versão do game, explicações detalhadas sobre as diversas formações táticas, estatísticas de equipes e de centenas de jogadores.

O livro é uma produção em parceria com a editora inglesa Prima Games, especializada em guias, e as informações foram fornecidas diretamente pelos produtores de "FIFA 10".

O "Guia de Jogo Oficial Licenciado FIFA 10" dá continuidade à biblioteca de livros destinados ao público gamer, iniciada em 2007 com "A Arte dos Videogames".

A publicação já está à venda pelo preço de R$ 19,90 e pode ser adquirida em bancas e livrarias, pelos telefones (11) 3038-5050 (11) 3038-5050 ou 0800-557-667 ou também pela loja virtual da Editora Europa.

Criador de Mario acha que não trabalharia na Nintendo hoje.


Em entrevista cedida à revista "Edge", Shigeru Miyamoto - game designer e criador de séries como Mario, Zelda e Donkey Kong - afirmou que provavelmente não teria entrado na Nintendo se tivesse procurado o emprego hoje em dia.

Segundo Miyamoto, "a Nintendo se tornou uma destas empresas nas quais graduandos de faculdades e boas universidades realmente querem trabalhar".

"Por isso, a competição por vagas se tornou muito feroz, e isto significa que muitos dos recrutados recentemente pela Nintendo tendem a ter a maior certificação de universidades de prestígio e por aí vai", comenta ele. "Eu costumo dizer ao senhor Iwata (Satoru, presidente da empresa): 'se eu estivesse procurando um emprego aqui hoje, eu, com minha qualificação universitária real, provavelmente não teria sido empregado pela Nintendo!", afirma.

No entanto, garante que participa do processo de entrevistas: "eu posso conferi-los e tentar descobrir algo realmente diferente que você não consegue julgar ao simplesmente ler uma formação acadêmica. Esse é um dos pequenos trabalhos especiais que separo para mim".

Nintendo DSi XL é lançado no Japão com filas.


A Nintendo lançou no Japão no último sábado (21) o Nintendo DSi XL, novo modelo do portátil que tem telas maiores (o nome vem de extra large, que indica tamanhos das roupas nos Estados Unidos).

A estreia se deu com algumas filas em pontos tradicionais da cidade, como o bairro de Akihabara, famosa pelas lojas de eletrônicos e de cultura pop.

Na Yodobashi Camera Multimedia Akiba, a maior loja da região, formou-se uma fila de cem pessoas às 9h30 locais do sábado, quando as portas foram abertas. Demorou 30 minutos para que todos fossem atendidos.

O primeiro da fila veio às 23h do dia anterior, e contou que já tinha o DS Lite e o DSi, mas que comprará o XL para jogar em casa, por conta de sua tela maior. De fato, muitas famílias apareceram na loja, indicando que o novo modelo é mais para ser usado em ambientes fechados. Para a Nintendo, o novo modelo também é voltado para faixas etárias mais maduras.

Tudo maior

A principal mudança do XL é o tamanho das telas, de 4,2 polegadas, contra 3,25 polegadas do DSi. Isso representa uma área 93% maior. Além disso, tem ângulo de visão mais ampla, melhorando o conforto. Com isso, o portátil em si também fica mais robusto.

A stylus também é maior (96 mm do XL contra 92 mm do DSi), além de vir também com uma caneta de 129,3 mm - mas esta não pode ser acondicionada dentro do aparelho). A bateria dura mais: máximo de 17 horas, contra 14 horas do DSi, segundo especificações fornecidas pela Nintendo (ainda assim, tem duração menor que a do DS Lite, de até 19 horas).

O Nintendo DSi XL é mais caro que os outros modelos: custa 20 mil ienes (US$ 221), enquanto DSi atual sai por 18,9 mil ienes (US$ 207), e o DS Lite, por sua vez, custa 16,8 mil ienes (US$ 184). O XL está previsto para sair no primeiro trimestre de 2010 nos Estados Unidos e Europa.

Para diretor de "Zelda", "Ocarina" já não é tão bom.



Eiji Aonuma, atual diretor da série "Zelda", responsável por seus mais recentes títulos, deve comprar briga com os fãs das aventuras de Link. Tudo graças a uma polêmica declaração em entrevista concedida ao site Revogames. Nele, Aonuma comentou sobre a influência de "The Legend of Zelda: Ocarina of Time" nos games mais recentes.

"É complicado. O passado fica em nossa memória, e isso ganha uma proporção", introduziu. "Mas, se você jogar 'Ocarina of Time' nos dias de hoje, você se dá conta de que não é tão bom".

A polêmica se dá pelo fato de que o título está listado entre os melhores jogos de todos os tempos em diversos sites e publicações. Além disso, "Ocarina of Time" até hoje é o primeiro colocado no site Game Rankings, que agrega resenhas.

Aonuma ainda completa, ressaltando sobre o visual. "Os gráficos não são tão bonitos como deveriam ser, há algumas partes confusas... Agora, qualquer 'Zelda' é tecnicamente superior. Tudo é mais rápido e fluido neles", disse.
"The Legend of Zelda: Ocarina of Time" é um dos maiores sucessos do Nintendo 64, tendo redefinido diversos conceitos de mecânica de jogo e narrativa que são utilizados por jogos até hoje, como o sistema de travar a visão do personagem em inimigos durante ataques corporais, o famoso "lock-on". No game, Link encara viagens temporais, tornando-se mais jovem ou mais velho, o que modifica seus equipamentos e habilidades.

O próximo game da série será "The Legend of Zelda: Spirit Tracks", para Nintendo DS, que possui um estilo visual que remete a "Phantom Hourglass", também para o portátil, mas agora o protagonista Link tem a habilidade de guiar os guardiães Phantom. Em vez de navegar pelos mares, Link anda em um trem, vestido de maquinista. O jogo está previsto para sair em 7 de dezembro nos Estados Unidos.

Site de "Mass Effect 2" terá 'surpresa' na semana que vem.



A BioWare publicou uma mensagem codificada em seu perfil no Facebook, popular site de relacionamentos com 300 milhões de usuários. De acordo com a página, a empresa promete fazer uma surpresa na próxima semana, envolvendo "Mass Effect 2".

Segundo uma mensagem deixada por um dos administradores, o site oficial do game será atualizado com informações inéditas. Até o momento não existe qualquer pista sobre o conteúdo desta "surpresa".

"Mass Effect 2" continua as aventuras do comandante Shepard, o primeiro humano a virar um agente Spectre, um grupo de elite formado por diversas raças alienígenas que tem como objetivo preservar a estabilidade da galáxia (algo como os cavaleiros Jedi de "Star Wars").

Depois de destruir o exército Geth de Saren, agora, Shepard parte para uma missão suicida nos confins do universo, invadindo o território inimigo, a fim de desvendar o mistério por trás de desaparecimentos de humanos em diversos planetas.

O novo game herda a mecânica do antecessor, que mistura RPG com batalhas que lembram um game de tiro. Para compor o grupo, Shepard tem a disposição soldados de várias raças e com especialização em diversas áreas. Uma das novas caras do game é Grunt, um alien Krogan com sede de sangue.

O título está previsto para 26 de janeiro de 2010, em versões para PC e Xbox 360.

Demo de "Bayonetta" vem em 3 de dezembro nos EUA.


A Sega anunciou que a demonstração jogável de "Bayonetta" nos Estados Unidos e na Europa chega em 3 de dezembro, tanto para Xbox 360 como para PlayStation 3.

O demo deve trazer uma fase inteira e um chefe - além do colapso da torre do relógio no Xbox 360 - e os jogadores podem experimentar o variado sistema de combate, que traz diversos golpes absurdos, como finalizar o oponentes usando um instrumento de tortura.

O título é aguardado com expectativa, já que ganhou notas máximas em revistas como a japonesa Famitsu e a inglesa Edge.

Idealizado por Hideki Kamiya - prodigioso designer que também fez games como "Resident Evil 2", "Viewtiful Joe" e "Okami" -, "Bayonetta" é um jogo de ação intenso similar a "Devil May Cry" - por sinal, esse jogo também é de Kamiya -, mas é protagonizado por uma personagem feminina.
Bayonetta é uma bruxa sexy e cool, com um estilo de luta tão estiloso quanto Dante. As armas são praticamente as mesmas: ambos são capazes de mesclar ataques de armas brancas e de fogo, mas "Bayonetta" tem golpes mais variados e absurdos, incluindo movimentos de punição, no qual a bruxa usa aparelhos de execução, como guilhotinas e caixões com espinhos.

"Bayonetta" está previsto para sair em 5 de janeiro de 2010, para Xbox 360 e PlayStation 3.

domingo, 22 de novembro de 2009

Espaço do Internauta (32)

Olà amigos da midia jogos, hoje mais um vídeo Internacional do nosso amigo(GONÇALO CORREIA DE VILA REAL PORTUGAL),vai falar do Jogo(BOURNOT PARADISE para PLAYSTATION 3) não esqueçam de comentar.


Quer Participar do "Espaço do Internauta"? Envie seu vídeo para midiajogos@yahoo.com.br

"Halo: Reach" será revelado em 12 de dezembro, diz site.


Por meio de uma mensagem publicada no Twitter, o site de vídeos Game Trailers confirmou que "Halo: Reach" será mostrado oficialmente ao mundo no dia 12 de dezembro, durante o 2009 Video Game Awards, que escolherá os melhores títulos do ano.

Pouco se sabe sobre o conteúdo ou história envolvidas neste novo projeto. Além de um trailer que pouco é revelado e algumas imagens aparentemente vazadas na rede, as informações sobre "Halo: Reach" são escassas.

Especula-se que o novo game tenha novidades como controle de esquadrão, sistema de personalização por "perks" como em "Call of Duty 4: Modern Warfare" e, claro, novas armas.

"Halo" é uma série de jogos de tiro em primeira pessoa onde o jogador encarna Master Chief, uma espécie de super-soldado combatendo os Covenant, uma aliança que reúne várias raças alienígenas com objetivo de dominar a humanidade.

Edição especial de "BioShock 2" vem com disco de vinil.


A 2K Games confirmou que os fãs de "BioShock 2" terão acesso a uma edição especial do game. Custando US$ 100 (ou US$ 90 na edição para PC), o pacote será lançado junto com a edição normal, no dia 9 de fevereiro, e trará vários materiais extras.

Além do game, há um CD com a trilha sonora do jogo, um livro de arte, três posteres baseados nas propagandas presentes em Rapture e o mais inusitado, um disco de vinil com a versão orquestrada da trilha sonora do primeiro game.

Em "BioShock 2" o jogador controla "o primeiro Big Daddy", dez anos antes do primeiro jogo, o poderoso guardião das Little Sisters. O jogador deve derrotar outros Big Daddies e continua decidindo se adota ou "coleta" estas Sisters. Além disso, seu personagem possui furadeira e pode usar os Plasmids, que dão poderes sobre-humanos a seus usuários. O lançamento está aguardado para PC, Xbox 360 e PlayStation 3.

sábado, 21 de novembro de 2009

Sony estuda assinatura paga na PlayStation Network.


Uma conferência realizada pela Sony relatava em um de seus slides que a PlayStation Network - rede online que atende ao PlayStation 3 e ao PSP - prevê uma "nova fonte de lucro provinda de assinaturas".

O comentário rendeu uma onda de especulações sobre uma possível cobrança pelo acesso aos usuários do serviço.

Sobre o assunto, a companhia ressaltou que os usuários da PlayStation Network não precisam se preocupar quanto a algum tipo de assinatura básica, pois o serviço continuará gratuito.

Segundo Kaz Hirai, presidente da Sony Computer Entertainment, a empresa "continuará o crescimento nas vendas ao oferecer novo entretenimento aos usuários na combinação de hardware, software, periféricos e a PlayStation Network. Especialmente na área online, estamos estudando a possibilidade de apresentar um modelo por assinatura, oferecendo conteúdo e serviços pagos, além dos atuais serviços gratuitos".

Portanto, o acesso à PlayStation Network como existe hoje continua, mas é possível que o futuro reserve um acesso "premium" a usuários pagantes, como é o caso da assinatura Ouro da rede online do Xbox 360.

Left 4 Dead 2 "ANÀLISE"



Com o lançamento de "Call of Duty: Modern Warfare 2" marcado para o mês de novembro, a maioria das distribuidoras resolveu adiar seus maiores games para evitar a competição com o avassalador jogo de tiro da Activision. No entanto, um jogo do mesmo gênero teve a coragem de encarar o badalado título de guerra no lucrativo período de fim de ano, oferecendo uma proposta bastante diferente.

"Left 4 Dead 2" chega aos PCs e Xbox 360 mantendo todos os trunfos que fizeram a fama do game original, lançado há um ano. É um game em primeira pessoa que privilegia a ação cooperativa e, como no anterior, coloca quatro protagonistas perdidos no meio de uma infestação de zumbis e outros monstros que assola os EUA. Com novas armas, ameaças, modos extras e melhor polimento, é uma excelente pedida para os fãs do estilo.

Quarteto de morte

Como no lançamento do ano passado, "Left 4 Dead 2" mostra a luta de heróis bem distintos para sobreviver em um ambiente de terror e caos. O jogador, em campanha solo, pode escolher entre a produtora de televisão Rochelle, o mecânico Ellis, o vigarista Nick ou o técnico de futebol americano Coach. O resto do time passa a ser controlado pelo computador. O objetivo, claro, é sobreviver durante os cinco capítulos da aventura, que são apresentados como se fossem filmes, com direito a cartaz e tudo.

Cada capítulo é dividido por cinco estágios, com um evento final que coloca os participantes em um combate exaustivo contra as hordas de inimigos até o momento da esperada fuga. Como se os zumbis corredores não fossem suficientes para dificultar a missão, aparecem ainda criaturas com habilidades especiais, como um sujeito grandão que explode e cria uma nuvem tóxica ou um monstrão que lembra o Tyrant da série "Resident Evil" e sai correndo para esmagar os mocinhos contra paredes e pilares.
O companheirismo é a chave para o sucesso, especialmente em momentos mais delicados da narrativa que obrigam os participantes a desligar alarmes, coletar itens ou se encurralar em algum ponto até a chegada do resgate. É preciso cobrir seus aliados e defendê-los, já que os monstros atacam sem dó e apelam para estrangulamentos, explosões e outras abordagens brutais. Ajude seus amigos e eles farão o mesmo por você, inclusive na hora de ressuscitá-lo.

O esquema funcionava muito bem e está ainda melhor graças aos cenários mais abrangentes e complexos. Como o roteiro é mais coeso e desta vez tenta realmente contar uma história, a ação muda de pano de fundo gradativamente, o que aumenta o apego aos personagens ao acompanhar suas jornadas pessoais. Se a tensão batia alto em "Left 4 Dead", agora dá para perder o fôlego durante certas passagens, especialmente nos eventos finais de cada capítulo, como a espera do barco no genial "Hard Rain", que ocorre em uma cidade alagada no meio da tempestade, e a fuga na ponte destruída em "The Parish". Se você tem coração fraco, tenha muita cautela.

Multiplayer matador

Se em modo para um jogador e acompanhado de personagens controlados por computador "Left 4 Dead 2" se mostra excelente, o modo multiplayer revela sua face completa. É possível jogar toda a campanha ao lado de outros três usuários, que podem ser seus amigos ou completos estranhos escalados pelo sistema de gerenciamento online do game.

Além disto, há outros modos muito bacanas criados lá no game original, como o Realism, que se mostra ainda mais nervoso ao limitar as mortes dos heróis e outros recursos normais de jogo, e o Versus, que divide os usuários entre times de humanos e monstros, com direito a utilizar as habilidades especiais das criaturas. Baseado no Versus, surge o novo Scavenge, que coloca o time de humanos para coletar gasolina e alimentar geradores enquanto o grupo inimigo tenta atrapalhar. Entrosamento e comunicação entre os participantes se mostra essencial para o sucesso.

Há diversão para muitas horas no jogo, independente da modalidade escolhida, graças também ao sistema de inteligência artificial, batizado de The Director. Com a ferramenta, o game avalia o desempenho dos jogadores em tempo real e regula o posicionamento, comportamento e quantidade de inimigos disponíveis. O sistema, inclusive, avalia os percursos tomados pelos jogadores e pode premiar escolhas ousadas com munições especiais ou armas diferentes, como lançadores de granadas e motosserras, e ainda pode travar ou liberar portas e passagens durante a ação. Desta forma, uma partida nunca é igual a outra.

É verdade que há poucas diferenças técnicas entre esta continuação e o game original, mas elas são facilmente notadas. Há um melhor uso de efeitos de luz e volume, especialmente nos estágios na tarde e, novamente, no espetacular capítulo "Hard Rain", que abusa de chuva, neblina e raios para tornar tudo ainda mais sinistro. Os modelos dos mocinhos parecem mais naturais também, e perdem um pouco daquele olhar de peixe morto comum a jogos do estilo.

A performance se manteve estável e relativamente leve em um PC com configuração recomendada, considerando que é uma aventura maior e mais detalhista do que a anterior. O Xbox 360 se mostrou irregular, especialmente durante o ataque em massa de zumbis, quando deixa cair a taxa de animação e sofre com algumas engasgadas de processamento.

CONSIDERAÇÕES

"Left 4 Dead 2", em uma visão superficial, é tão parecido com o anterior que dá para questionar a decisão da Valve em criar uma continuação em vez de apostar em mais pacotes de expansão. A fundo, o novo game se mostra muito mais refinado e completo, com uma história melhor delineada capaz de criar maior envolvimento do jogador com o universo da franquia. Claro, pesam também as novas missões, armas, monstros e, especialmente, os excelentes cenários mutáveis, extremamente detalhados e repletos de armadilhas. Com um multiplayer sensacional que privilegia a ação cooperativa e que está sempre mudando graças ao sistema de inteligência artificial, o game é um dos mais viciantes e gratificantes do gênero.

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Próximo console da Nintendo terá mais que alta definição.


Falando para o site Kotaku, Reggie Fils-Aime, presidente da Nintendo para os Estados Unidos, afirmou que o próximo console da Nintendo não será meramente um videogame com alta resolução gráfica.

"A maneira como nós da Nintendo fazemos é, quando seguimos para uma nova geração, é porque existem algumas coisas fundamentais que o console [atual] não pode fazer", explica.

"O que isto quer dizer é que simplesmente a inclusão de alta definição não será o próximo passo para nós. Terá mais do que isso. Terá capacidades adicionais. Haverá elementos adicionais e, dito isto, isso está em um futuro distante", afirmou.

Para Fils-Aime, a falta de jogos como "Grand Theft Auto IV" e "Assassin's Creed II" se dá pelo fato de a decisão de criar esses games se deu há dois anos. "[Na época,] esses tipos de games não seriam efetivos na plataforma. Mas mostramos que esse não é mais o caso. Jogos de alta qualidade, com marketing eficiente em nossa base instalada, venderão bem. Ponto final. Fim da história", decreta, tomando como exemplo títulos como "Resident Evil 4" e "Call of Duty: World at War", que venderam um milhão de cópias.

Só faltou o executivo explicar o que aconteceu com títulos como "MadWorld", "The Conduit" e "Dead Space: Extraction", que tiveram boas avaliações, mas vendas fracas.

Nos EUA, "Resident Evil 5: Gold Edition" vem em março.


A Capcom dos Estados Unidos anunciou novos conteúdos para as edições de Xbox 360 e PlayStation 3 de "Resident Evil 5" que serão lançados no território norte-americano. No total, são dois episódios extras, dois pacotes de roupas para os personagens e uma nova modalidade de jogo chamada The Mercenaries Reunion.

O primeiro conteúdo se chama "Lost in Nightmares", e vem em 17 de fevereiro no Xbox 360 e um dia depois no PlayStation 3. O preço não foi definido, mas no Japão custa US$ 5 (400 MS Points no console da Microsoft).

Neste episódio, Chris Redfield é acompanhado por Jill Valentine (eles foram parceiros no primeiro jogo da série, de 1996). O cenário é a mansão onde está escondido o misterioso Ozwell Spencer, proprietário da corporação Umbrella. Nos mesmos dias, sai o primeiro pacote de roupas para o game. Novamente, o preço não foi informado; no Japão, sai por US$ 2 (160 MS Points).

Em 3 de março (no PS3, em 4 de março), chega o segundo episódio extra, ainda sem título, assim como o "Costume Pack 2", com mais roupas. Cada um desses quatro pacotes também traz dois personagens para o modo The Mercenaries Reunion.

Todos esses conteúdos também estarão numa nova edição do game, chamado "Resident Evil 5: Gold Edition" (no Japão, "Alternative Edition"). A edição para PlayStation 3 terá tudo incluso no disco blu-ray, enquanto no Xbox 360, em DVD, vêm encartado um código para fazer o download do conteúdo extra. O "Gold Edition" sai em 9 de março, com preço de US$ 50. A Capcom apenas não disse se a edição para o console da Sony será compatível com o controle de gestos como no Japão.

No coração da África

"Resident Evil 5" segue as mudanças introduzidas pelo seu antecessor direto, que ficou com muito mais ação. O game traz mais esquema de controles: alguns são baseados no antecessor, mas também já configurações que lembram a de um jogo de tiro em primeira pessoa.

Dando continuidade à dinastia de mulheres fortes na franquia - Jill Valentine, Rebecca Chambers e Ada Wong são algumas dessas heroínas -, "Resident Evil 5" apresenta uma nova personagem: Sheva Alomar, agente da mesma organização à qual pertence Chris, a BSAA. De ascendência africana, ela é bela e perigosa, com inteligência apurada e vasto treinamento em armas de fogo, além de ser exímia lutadora.

Suposta lista da Warner menciona "F.E.A.R. 3"


O site francês JeuxActu publicou o que seria um relatório da Warner Bros sobre os jogos a serem lançados em 2010. O arquivo em questão lista uma variedade de sequências para os jogos da companhia, como "F.E.A.R. 3", nova versão do jogo de tiro em primeira pessoa da Monolith Productions.

A lista também tem "Scribblenauts 2", que além do Nintendo DS, estaria a caminho do Wii e PC, e títulos casuais também teriam novas versões, casos de "Game Party 4" e "Touchmaster 4".

Alguns jogos inéditos de séries licenciadas também foram citadas, como "Guardians of Ga'Hoole" - baseado no longa de animação homônimo dirigido por Zack Snyder, de "300" -, "The Lord of the Rings: Aragorn's Quest" e um RPG novo baseado em "O Senhor dos Anéis".

"LEGO Harry Potter: Years 1-4" é mencionado para uma série de plataformas e o Wii e o Nintendo DS teriam "Batman: The Brave and the Bold", baseado na série animada da Cartoon Network de mesmo nome.

Em contato posterior com o site, a divisão francesa da Warner pediu a remoção da tabela com datas para a região e demais informações sobre os jogos.

No entanto, a lista completa continua disponível em outras fontes. Confira:

Abril de 2010
. LEGO Harry Potter: Years 1-4 (PS3, X360, Wii, DS, PSP, PC)

Maio
. The Lord of the Rings: Aragorn's Quest (Wii, DS, PSP, PC)

Junho
. Vacation Isle (Wii)

Setembro
. Batman: The Brave and the Bold (Wii, DS)
. Guardians of Ga'Hoole (PS3, 360, Wii, DS, PC)
. Scribblenauts 2 (DS, Wii, PC)
. Taz (DS)

Outubro
. F.E.A.R. 3 (PS3, X360, PC)
. The Lord of the Rings RPG (PS3, X360, PC)

Novembro
. Game Party 4 (Wii)
. Touchmaster 4 (DS)

Extra de "Borderlands" dura seis horas, diz produtora.


O conteúdo adicional de "Borderlands", a ser lançado ainda este mês, acrescentará cerca de seis horas a mais de jogo, de acordo com o diretor de design Paul Helqist.

Em declaração ao blog MTV Multiplayer, Helqist confirmou que o conteúdo, chamado de "The Zombie Island of Dr. Ned", "é provavelmente do tamanho das Arid Badlands".

Ao instalar o conteúdo, o jogador poderá viajar diretamente para Jakobs Cove, local onde se passa a expansão, através de um teletransporte, ou ir por caminhos mais convencionais.

A produtora Gearbox informa ainda que a localidade é voltada para jogadores acima do nível 10. Em Jakobs Cove, os personagens encontram hordas de zumbis para serem destruídas, além de um monstro chamado Loot Goon, que carrega um enorme tesouro em suas costas.

Por ora, o conteúdo chega apenas para PlayStation 3 e Xbox 360. O adicional sai por US$ 10 na PlayStation Network e 800 MS Points na Xbox Live.

"Borderlands" é um híbrido de jogo de tiro e RPG que coloca o jogador em um ambiente futurista e pós-apocalíptico, criado a partir do motor Unreal Engine 3. É descrito pela produtora como uma mistura de "Mad Max" e "Diablo", oferecendo inúmeros desafios, inimigos e itens gerados dinamicamente.

Download tornará PS3 compatível com TVs 3D.


Durante uma apresentação que tinha como objetivo fazer uma demonstração de seus planos para 2010, a Sony confirmou que o PlayStation 3 receberá uma atualização que incluirá em sua estrutura o suporte a exibição de imagens 3D estereoscópicas em TVs que possuem a tecnologia.

Um dos slides veiculados durante a apresentação confirma que o processo acontecerá por meio de uma atualização de "firmware". Mas, por enquanto, ainda não há data prevista para a estreia desse download.

A ideia é de que o console passe a receber games com a tecnologia, estratégia que tem como objetivo ajudar a divulgar sua nova linha de TVs com suporte ao formato de exibição.

Até o momento, a única informação oficial disponível é de que será lançada no ano que vem uma nova linha de TVs do modelo Bravia com suporte a imagens em 3D. Existe ainda a possibilidade de saírem filmes em blu-ray com suporte a tecnologia, mas nenhuma data para a novidade foi confirmada.

Desde o começo do ano, a Sony demonstra protótipos da TV em 3D, cujas imagens "saltam" da tela com a ajuda de óculos especiais. Fez isso na CES americana, em janeiro, e na japonesa Tokyo Game Show, no final de setembro. Em ambos, o game usado na demonstração foi "WipEout HD".

Sega 'considera' corrigir 'loading' de "Bayonetta"


Em uma declaração feita ao site 1UP, um representante da Sega afirmou que a companhia está estudando maneiras de reduzir os tempos de carregamento de "Bayonetta" em sua versão para PlayStation 3.

A versão do game para o sistema da Sony foi adaptada pela própria distribuidora. De acordo com relatos de usuários no fórum do site em questão, há fases que demoram 25 segundos para carregar, além de esperas de dez segundos para as intermissões e menus demoram que demoram cinco segundos para aparecerem.

"Posso falar em nome [da desenvolvedora] que um 'patch' para corrigir este problema está sendo cogitado, e assim resolver o problema dos períodos de carregamento em 'Bayonetta'", afirmou um porta-voz da produtora.

"Algo que eu não posso definir diretamente é quando isto acontecerá. No entanto, acompanharei isto diretamente em todos os lados (as versões japonesa, americana e europeia) para garantir que sabemos exatamente o status de cada uma. Contanto que eu tenha plena abertura para isso, garanto que os manterei a par do que esperar".
Idealizado por Hideki Kamiya - prodigioso designer que também fez games como "Resident Evil 2", "Viewtiful Joe" e "Okami" -, "Bayonetta" é um jogo de ação intenso similar a "Devil May Cry" - por sinal, esse jogo também é de Kamiya -, mas é protagonizado por uma personagem feminina.

Bayonetta é uma bruxa sexy e cool, com um estilo de luta tão estiloso quanto Dante. As armas são praticamente as mesmas: ambos são capazes de mesclar ataques de armas brancas e de fogo, mas "Bayonetta" tem golpes mais variados e absurdos, incluindo movimentos de punição, no qual a bruxa usa aparelhos de execução, como guilhotinas e caixões com espinhos.

Já disponível no Japão, o jogo está previsto para sair nos Estados Unidos em 5 de janeiro de 2010, e no dia 8 na Europa.

"Pro Evolution" sai do G4, mas futebol continua no topo.


Na semana entre 9 e 15 de novembro, mais um jogo de futebol foi o campeão de vendas no Japão, de acordo com dados da Media Create, empresa de marketing que monitora o mercado nipônico de games.

"Pro Evolution Soccer 2010", o campeão da semana passada, caiu para a sexta posição, mas em seu lugar ficou um outro título de futebol, embora a natureza dos títulos sejam totalmente diferentes entre si.

O primeiro lugar na semana passada foi "Let's make a J.League Pro Soccer Club! 6", de uma série de administração de clube de futebol. O título vendeu 85 mil unidades, o que representa uma queda em relação ao antecessor, que teve saída de 107 mil cópias.

"Pokémon Heart Gold" e "Soul Silver" continuam com fôlego, com 63 mil cópias juntando as duas edições, e "Dragon Ball Z: Raging Blast" para PlayStation 3 aparece na terceira posição. Essa é outra franquia game que vendeu menos que a edição anterior: "Burst Limit" teve vendas de 92 mil unidades na primeira semana. "Final Fantasy Crystal Chronicles: The Crystal Bearers" teve uma estreia morna, com apenas 35 mil unidades.

Veja a lista dos dez jogos mais vendidos no Japão entre 9 e 15 de novembro, e o acumulado para cada título:

1. (PSP) Let's make a J.League Pro Soccer Club! 6 - 85.000 - 85.000
2. (DS) Pokémon Heart Gold / Soul Silver - 63.000 - 2.980.000
3. (PS3) Dragon Ball: Raging Blast - 58.000 - 58.000
4. (DS) Tomodachi Collection - 56.000 - 1.639.000
5. (Wii) Wii Fit Plus - 53.000 - 903.000
6. (PS3) Pro Evolution Soccer 2010 - 49.000 - 267.000
7. (DS) Inazuma Eleven 2 Blizzard / Fire - 37.000 - 607.000
8. (Wii) Final Fantasy: The Crystal Bearers - 35.000 - 35.000
9. (DS) Mega Man Battle Network: Operate Shooting Star - 23.000 - 23.000
10. (PSP) Persona 3 Portable - 17.000 - 158.000

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Lançamento de “Modern Warfare 2” bate recordes do entretenimento e Xbox Live.


A Activision confirmou suas projeções de que “Modern Warfare 2” havia quebrado todos os recordes de estreia durante os cinco primeiros dias de vendas. Segundo a empresa, as vendas do jogo arrecadaram US$ 550 milhões, tornando “Modern Warfare 2” no lançamento mais lucrativo da história, não só dos games, mas de toda a indústria de entretenimento.

A nível de comparação, os maiores lançamentos da indústria literária e cinematográfica, “Harry Potter e o Enigma do Príncipe” e “Batman: O Cavaleiro das Trevas”, arrecadaram respectivamente nos cinco primeiros dias de estreia US$ 394 milhões e US$ 203.8 milhões. O antigo recorde dos videogames pertencia à “Grand Theft Auto 4”, que vendeu 6 milhões de unidades nos cinco primeiros dias de lançamento, totalizando US$ 500 milhões.

Já os jogadores de “Modern Warfare 2” conseguiram estabelecer um novo recorde de jogabilidade na Xbox Live no dia de lançamento do jogo: foram mais de 2,2 milhões de pessoas online.

Mais de 5,2 milhões de horas em sessões multiplayer do jogo foram registradas apenas no primeiro dia, com 11 milhões de conquistas sendo destravadas 24 horas após o lançamento.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

PS2 chega oficialmente por R$ 800; PS3 e PSP em breve.



Sem grandes festas, comunicados adiantados ou campanhas fortes de marketing. Assim estreou oficialmente em território brasileiro a linha de videogames PlayStation, da Sony.

Conforme fora revelado pelo diretor diretor Mark Stanley em entrevista na E3 deste ano, a marca chega ao país antes do fim de ano, envolvendo tanto hardware quanto games.

Contudo, a princípio somente o PlayStation 2 está sendo vendido, ao preço oficial de R$ 799, conforme informa a assessoria de imprensa oficial da Sony no Brasil. Inclusive, apenas a rede de lojas Sony Style, que conta tanto com um site de vendas quanto lojas físicas, está vendendo o aparelho.

O site do estabelecimento não menciona disponibilidade do PlayStation 3 e o portátil PSP, mas a assessoria da Sony explica que ambos chegarão em uma segunda fase das operações da empresa no país, ainda sem data definida.

Adicionalmente, um boletim de notícias enviado por e-mail para clientes da loja diz: "Em breve toda a linha de consoles e acessórios PlayStation no Sony Style, a loja oficial Sony", o que indica que futuramente também haverá periféricos à venda.

Na área de jogos, estão sendo comercializados títulos para PlayStation 2, todos com valor fixado em R$ 99, e PlayStation 3, cujos preços variam entre R$ 199 e R$ 249. Um dos principais destaques é o recente "Uncharted 2: Among Thieves", mas há também títulos do início de vida do PS3, como "Folklore" e "Heavenly Sword".

Produtora de "Borderlands" rejeita jogo de "Blade Runner"


Considerado um épico de ficção científica e estrelado por Harrison Ford e Rutger Hauer, "Blade Runner - O Caçador de Androides" é um filme de 1982 realizado por Ridley Scott que ilustra uma visão sombria da cidade de Los Angeles do ano de 2019. Um jogo de adventure de aponte-e-clique chegou a ser lançado no mercado nos anos 90.

Embora pareça razoável a concepção de um título moderno baseado no filme, o renomado estúdio Gearbox, de "Borderlands", chegou a pensar na ideia, mas no fim acabou descartando-a. Os motivos alegados foram o investimento necessário e o apelo comercial quase nulo.

"Nós perseguimos essa ideia e quase a tivemos", disse Randy Pitchford, presidente da Gearbox à Official Xbox Magazine. "Mas falhou no lado comercial, porque a maneira como queríamos fazer precisaria de US$ 25 milhões. E quando você faz a matemática sobre isso, não teríamos o retorno", afirmou.

"Você vai gastar US$ 25 milhões, há outro risco de US$ 10 a US$ 15 milhões apenas com o processo de distribuição, e então você tem mais US$ 10 a US$ 15 milhões com marketing, e eu não acho que conseguiríamos o retorno. Isso é muito ruim", finalizou.

Xbox Live terá fim de semana com multiplayer gratuito.


Larry "Major Nelson" Hryb, diretor de programação da rede Xbox Live, anunciou em seu blog oficial um fim de semana de acesso gratuito às funções dos assinantes Ouro para promover as novidades da atualização do sistema.

Em todas as regiões exceto a Europa, o acesso será liberado das 15h (fuso de Brasília, no horário brasileiro de verão) de 20 de novembro, e terminará no dia 23 de novembro, no mesmo horário. Já o Velho Continente terá a mesma iniciativa dos dias 25 a 30 de novembro.

Durante este período, assinantes Prata da Xbox Live poderão participar de jogos online, usar a rede social Facebook, o microblog Twitter, a rádio online Last.fm (indisponível para usuários no Brasil), o jogo virtual de auditório 1 vs. 100 Live (também bloqueado no país), a central de conteúdo Halo Waypoint e o Sky Player (apenas para usuários do Reino Unido).

"Modern Warfare 2" modificado funciona com servidores


A decisão de não oferecer servidores dedicados na versão para PC de "Call of Duty Modern Warfare 2" causou desconforto para muitos fãs mais ardorosos da série e trouxe dois resultados distintos: a limitação do número de jogadores simultâneos (apenas 18, contra 32 da edição anterior) e, consequentemente, a ação da comunidade hacker.

Estão em plena atividade os primeiros servidores dedicados para "Modern Warfare 2". A solução encontrada pelos hackers pode ser vista no vídeo em anexo, hospedado no YouTube. Também nota-se alterações na mecânica de jogo como a inclusão de super pulos, granadas infinitas e instantâneas e até mesmo um inchaço na experiência obtida.

"Graças ao AgentGOD e seu grande feito ao trazer o jogo de volta ao PC, uma nova onda completa de servidores é possível agora, e com muitas customizações", diz a descrição no YouTube. "Coisas como munição infinita, pontos massivos de experiência (10000 xp por uma única morte), ajustes do campo de visão, velocidade e ajustes na gravidade e muito mais! O melhor é que é tudo válido pelo ranking e na IWNet!", conclui.

A Infinity Ward não se pronunciou a respeito, mas deve tomar atitudes para excluir os jogadores que usam servidores próprios do ranking oficial, entre outras ações.

Guerra contemporânea

"Modern Warfare 2" acontece cinco anos depois de "Call of Duty 4". Mesmo depois dos esforços dos Estados Unidos e Reino Unido, os ultranacionalistas tomam o controle da Rússia. O vilão do jogo antecessor, Imran Zakhaev, vira mártir, e um de seus subordinados diretos, Vladimir Makarov, toma seu lugar, iniciando uma campanha de terrorismo na Europa. Na maior parte do tempo, o jogador controla o sargento Gary "Roach" Sanderson, membro de um grupo de elite internacional chamado Task Force 141.

O game começa no Afeganistão, na visão do soldado Joseph Allen, dos Rangers norte-americanos. A partir daí, as missões acontecem em localidades da Rússia, dos Estados Unidos e até do Brasil, quando o Task Force 141 vai investigar uma favela carioca. O título está disponível para PC, Xbox 360 e PlayStation 3.

"Forza Motorsport 3" ganha pacote gratuito de carros.


Os jogadores de "Forza Motorsport 3" já podem conferir o novo conteúdo gratuito para o título, disponível no Mercado Xbox Live. O pacote, chamado "Hyundai Genesis Coupe Car Pack", vem com três versões diferentes do modelo esportivo Genesis Coupe.

São eles o Rhys Millen Racing Red Bull, o HKS um exclusivo modelo surpresa, presente apenas no game. O pacote também adiciona uma série de corridas da Hyundai dentro do modo de carreira.

Além disso, para o dia 8 de dezembro, a produtora Turn 10 promete o "Hot Holidays Car Pack", por 400 MS Points (US$ 5), com uma seleção dos carros mais aguardados para 2010, incluindo os modelos Ferrari 458 Italia. Para dar um gostinho do que vem no pacote, o Audi S4 2010 estará disponível para download gratuito.

Nova edição da série de simulador automobilístico da Turn 10, "Forza Motorsport 3" conta com mais de 400 carros, cem traçados e roda a 60 quadros por segundos de animação. A novidade é que há capotagens desta vez. Além disso, há também um modo para fazer vídeos do game. O título já está disponível desde outubro, exclusivamente para Xbox 360.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

"Modern Warfare 2" é recolhido na Rússia, diz site.


"Call of Duty: Modern Warfare 2" tem sido bem recebido em quase todas as regiões do globo, porém o mesmo não vale para a Rússia. Segundo o site russo Got PS3, o jogo da Infinity Ward foi recolhido das lojas por conta da inclusão da fase do massacre no aeroporto. O game é violento, a foi classificado como não recomendado a menores de 17 anos nos Estados Unidos.

Aparentemente, a produtora modificou completamente a versão para PC do título removendo o polêmico cenário, e vai colocar à venda em breve uma versão censurada. A comunidade local, em princípio, não aprovou muito bem a trama envolvendo um conflito fictício entre russos e americanos.

A cena em questão mostra um grupo de terroristas que promove um massacre a civis em um aeroporto russo. Existe um aviso sobre o conteúdo e a possibilidade de pular a fase. E mesmo que participe, ainda resta a opção de o jogador simplesmente não atirar nos inocentes, sem ônus para a história.

Guerra contemporânea

"Call of Duty: Modern Warfare 2" se passa cinco anos depois de "Call of Duty 4". Mesmo depois dos esforços dos Estados Unidos e Reino Unido, os ultranacionalistas tomam o controle da Rússia. O vilão do jogo antecessor, Imran Zakhaev, vira mártir e um de seus subordinados diretos, Vladimir Makarov, começa uma campanha de terrorismo na Europa.

Um dos dois protagonistas do título anterior, John "Soap" MacTavish, foi promovido a capitão da SAS, o grupo militar de elite do Reino Unido. Ele é um dos personagens que assumem a unidade Task Force 141, que também vê a volta de um personagem conhecido mais tarde. O game começa no Afeganistão, na visão do soldado Joseph Allen, dos Rangers norte-americanos. A partir daí, as missões acontecem em localidades da Rússia, dos Estados Unidos e até do Brasil, quando o Task Force 141 vai investigar uma favela carioca.

O título está disponível para PC, Xbox 360 e PlayStation 3.

Ghost de "Modern Warfare 2" pode ter aventura própria.


Em entrevista ao That VideoGame Blog, Craig Fairbass, ator que faz a voz do misterioso personagem Ghost em "Call of Duty: Modern Warfare 2", deixou escapar que o personagem pode ganhar uma aventura própria. As declarações indicam que pode ser uma expansão por download.

O personagem já tem certo destaque entre os fãs da franquia, já que, recentemente, ganhou uma minissérie em quadrinhos pela editora americana WildStorm.

"No último jogo ['Call of Duty 4'] eu fiz um personagem chamado Gaz e neste eu faço a voz de um cara chamado Ghost, que acabou de ganhar um 'spin-off' nos quadrinhos e que pode ter um pequeno jogo próprio de acordo com as conversas internas. Estou muito animado com isso, é uma coisa que vai ganhando mais proporção", comentou no evento de lançamento inglês de "Modern Warfare 2".

Ghost é um dos membros da unidade militar internacional Task Force 141, do qual faz parte Gary "Roach" Sanderson, um dos personagens controlados pelo jogador em "Moderrn Warfare". Com rosto todo coberto por uma touca ninja com estampa de caveira, sua identidade não é revelada.

Guerra contemporânea

"Call of Duty: Modern Warfare 2" se passa cinco anos depois de "Call of Duty 4". Mesmo depois dos esforços dos Estados Unidos e Reino Unido, os ultranacionalistas tomam o controle da Rússia. O vilão do jogo antecessor, Imran Zakhaev, vira mártir e um de seus subordinados diretos, Vladimir Makarov, começa uma campanha de terrorismo na Europa.

Um dos dois protagonistas do título anterior, John "Soap" MacTavish, foi promovido a capitão da SAS, o grupo militar de elite do Reino Unido. Ele é um dos personagens que assumem a unidade Task Force 141, que também vê a volta de um personagem conhecido mais tarde. O game começa no Afeganistão, na visão do soldado Joseph Allen, dos Rangers norte-americanos. A partir daí, as missões acontecem em localidades da Rússia, dos Estados Unidos e até do Brasil, quando o Task Force 141 vai investigar uma favela carioca.

O título está disponível para PC, Xbox 360 e PlayStation 3.

"Uncharted 2" vendeu mais de um milhão, diz Sony.


Esta semana, durante a Digital Entertainment Conference realizada pela empresa BMO Capital Markets, Phil Rosenberg, vide-presidente de desenvolvimento de negócios na Sony dos Estados Unidos, anunciou que até a semana passada, foram vendidos mais de um milhão de cópias de "Uncharted 2: Among Thieves", game exclusivo para PlayStation 3.

Rosenberg não deixou claro se estava se referindo às vendas apenas nos Estados Unidos ou se eram números mundiais. Nesta sexta, o relatório do NPD Group revelou que 537 mil unidades de "Uncharted 2" foram vendidas durante o mês de outubro no país. O período citado por Rosenberg engloba uma semana a mais.

Lançado em 13 de outubro, a continuação de "Uncharted: Drake's Fortune" entra novamente no clima de filmes de ação com exploradores, como "Indiana Jones", mas a produtora afirma que melhorou o sistema de combate, principalmente no de corpo-a-corpo. Se o primeiro jogo era essencialmente single-player, a continuação também investe em modalidades multiplayer, para até dez jogadores na opção competitiva e três na cooperativa.

sábado, 14 de novembro de 2009

"Microsoft" não lamenta pelos usuários banidos da Live.



Chris Lewis, vice-presidente de negócios de entretenimento interativo da Microsoft para Europa, África e Oriente Médio, disse "que não se desculpa" pela recente onda de banimentos de consoles modificados na Xbox Live.

Falando ao Sky News, Lewis disse que a companhia está "comprometida" a acabar com a pirataria no Xbox 360. "É um problema não apenas para o Xbox, é um problema para a indústria como um todo, é um problema para a Microsoft em um amplo sentido", disse ele.

"Claramente é importante para nós sermos capazes de dar um basta nisso para proteger as dez milhões de pessoas que já tem um Xbox 360 na Europa, por exemplo. Então estamos levando isso muito a sério".

"Se for claro que alguém esteja jogando cópias piratas e tenha seu Xbox modificado de alguma forma que vai permiti-lo jogar games baixados que não tenham sido comprados legitimamente, então sim, vamos fechar aquela conta e não vamos nos desculpar por isso", acrescentou.

No início desta semana, relatos na internet indicavam que cerca de um milhão de consoles modificados foram banidos durante partidas online de "FIFA 10", "Borderlands" e "Forza Motosport 3".

"Pro Evolution Soccer 2010" põe PS3 na frente no Japão.


Na semana entre 2 e 8 de novembro, o PlayStation 3 chegou ao topo do ranking japonês ajudado pelo sucesso de "Pro Evolution Soccer 2010", futebolístico da Konami que foi o título mais comercializado na semana.

Com o game, o console da Sony vendeu 12 mil unidades a mais que na semana anterior, e assim superou o Nintendo DSi. O PlayStation 3 vendeu 15 mil unidades no pacote que encartou o game de futebol.

O PSP "normal" manteve suas vendas, mas o modelo go, que estreou morno, caiu ainda mais, ficando a pouco menos de 14 mil unidades. No Xbox 360, "Pro Evolution Soccer 2010" vendeu apenas sete mil cópias, e não ajudou a impulsionar as vendas do console no Japão.

Veja o ranking de vendas de consoles e portáteis no Japão durante a semana entre 2 e 8 de novembro, e o acumulado para cada plataforma:

1. PlayStation 3 - 48.925 - 1.164.251
2. Nintendo DSi - 37.421 - 2.583.256
3. PSP - 33.784 - 1.741.198
4. Wii - 31.810 - 1.206.589
5. PSP go - 13.992 - 43.101
6. Nintendo DS Lite - 5.515 - 459.891
7. Xbox 360 - 4.679 - 330.049
8. PlayStation 2 - 2.066 - 189.044

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Assinatura de "Age of Conan" dá beta de "Secret World"



A distribuidora norueguesa Funcom anunciou uma série de incentivos para que atrair jogadores a "Age of Conan: Hyborian Adventures", RPG online para PC baseado na obra de Robert E. Howard.

A empresa oferece duas semanas de acesso grátis aos que retornarem ao jogo e pontos de experiência dobrados para todos - e aqueles que se tornarem assinantes terão vantagens cumulativas.

Uma assinatura de três meses garante o acesso à fase de testes beta do MMO sobrenatural "The Secret World"; assinar por seis meses também inclui um capacete no game que aumenta o ganho de experiência em dez por cento; por fim, quem assinar por um ano receberá gratuitamente o material citado previamente e a expansão "Rise of the Godslayer" quando for disponibilizada no primeiro semestre de 2010. Clique aqui para ver mais detalhes no site oficial.

"Age of Conan: Hyborian Adventures" coloca o jogador como um dos habitantes do mundo do bárbaro imortalizado nos quadrinhos e cinema. Os jogadores devem participar de uma extensa campanha para evoluir seu personagem e posteriormente usá-lo no modo online ao lado de usuários do mundo inteiro.

Já a expansão "Rise of the Godslayer" revela Khitai, uma área com visual que remete à Ásia, e a nova raça jogável - os Khitan. Há um foco maior nas recompensas aos jogadores de níveis mais baixos, como a possibilidade de criar animais desde filhotes - como lobos e tigres - até se tornarem montarias épicas.

Dante's Inferno para PlayStation 3 e Xbox360 -Analíse



"Dante's Inferno" é um jogo de ação 3D com toques de horror de sobrevivência desenvolvido pelo estúdio Visceral Games da Electronic Arts, o mesmo responsável pelo sucesso "Dead Space". Como o título entrega, se trata de uma história inspirada na descrição do inferno vista na primeira parte do poema "A Divina Comédia", de Dante Alighieri, composto no século XII. Para desenvolver a história, foi contratado o roteirista Will Rokos, indicado ao Oscar em 2002 por seu trabalho no filme "A Última Ceia".

No enredo, o jogador controla o cavaleiro Dante, veterano das cruzadas, que deve libertar sua amada Beatrice das garras de Lúcifer. Só que para chegar até o anjo caído, o guerreiro deve vencer as ameaças contidas nos nove círculos do inferno. Entre monstros, fantasmas e outras aberrações, o herói deve encarar pecados do passado, crimes de guerra e segredos de família que nunca deveriam vir à tona.

A mecânica é remanescente de games como "God of War", com forte ênfase em combates brutais, mas salpicada por momentos de exploração e resolução de problemas para abrir portas, criar passagens e alcançar locais de difícil acesso para ganhar novos equipamentos e outros extras. A arma principal de Dante é uma foice roubada da própria Morte, mas o cavaleiro também conta com ataques mágicos e uma cruz abençoada por sua esposa capaz de ferir gravemente os demônios, além da capacidade de dominar bestas infernais para ajudá-lo em determinados momentos da jornada.

Assim como "Dead Space", "Dante's Inferno" é um lançamento de peso da Electronic Arts e chega cercado por uma grande campanha de marketing, com muitos anúncios e produtos relacionados. O mais importante é o lançamento conjunto de uma animação para o mercado de home video; assim como aconteceu com "Dead Space" e seu "Dead Space: Downfall", "Dante's Inferno" ganha um desenho complementar em DVD e Blu-ray que conta mais detalhes sobre o passado de Dante.

Xbox 360 ultrapassa a marca dos dez milhões na Europa.


A divisão da Microsoft no Reino Unido anunciou que o Xbox 360 ultrapassou a marca de dez milhões de consoles vendidos na Europa, África e Oriente Médio. Segundo Aaron Greenberg, chefe da divisão, o console foi o único a ter crescimento nas vendas em 2009.

Além disso, o informe cita Martin Olausson, da empresa Strategy Analytics, para quem a rede Xbox Live está "de 12 a 18 meses à frente" da PlayStation Network em se tratando de oferecer "conteúdo além dos jogos tradicionais".

Por fim, um estudo interno da Microsoft revela que 60% dos Xbox 360 estão na "sala de estar de uma casa de família", que 35% dos jogadores são mulheres e que 64% dos usuários têm mais de 25 anos de idade.

Nintendo dos EUA abre site para denúncia de pirataria.


No começo de outubro, veio à tona a existência de um website da Nintendo no Japão para a denúncia de vendedores de "magicons" (ou "flashcarts" no Ocidente), dispositivos comumente utilizados para a execução de cópias não autorizada de games e programas caseiros.

Tal manobra vem por conta da briga judicial da Nintendo e um grupo de mais de 50 distribuidoras e desenvolvedoras de jogos no Japão contra quem os comercializa.

Agora, a divisão ocidental da companhia também tem uma página (em inglês) para o envio de denúncias de produtos piratas ou oferecidos de forma ilegal. O site lista maneiras como protocolos de transferência na internet, leilões virtuais, grupos de redistribuição online, aparelhos de cópia de jogos e chips para a modificação do sistema para que execute jogos piratas.