Quer Participar do "Espaço do Internauta"? Envie seu vídeo para
midiajogos@yahoo.com

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Lançamento de "Gears of War 3" é marcado para 20 de setembro.



Os tiroteios de "Gears of War 3" já têm data marcada para iniciar na Xbox Live: 20 de setembro. Segundo a Microsoft, o lançamento será simultâneo em todas as regiões, com exceção do mercado japonês, que recebe o game no dia 22.

Sobre uma data de lançamento do game para o Brasil, a Microsoft daqui afirmou que terá mais informações na próxima terça-feira (1º de março).

Vale lembrar que o modo multiplayer do jogo poderá ser experimentado antes, com os testes beta que começam em abril para quem comprar a edição de colecionador de "Bulletstorm". Os testes serão estendidos para outros donos do Xbox 360 que não comprarem o jogo algum tempo depois.

Ponto final

A série "Gears of War" foi aclamada pela crítica e mostra uma história focada no Esquadrão Delta, um grupo de soldados que recebe a missão de salvar o planeta Sera do exército de Locusts, criaturas horrendas que vêm do subterrâneo.

Revelado em meado de abril, "Gears of War 3" fecha a trilogia que narra o conflito dos humanos, representados pela trupe de Marcus Fenix, contra os Locusts.

Sega prepara coletânea com 46 jogos de Mega Drive para PC.

Jogo de Sonic é um dos títulos que chegam aos computadores em março.

A febre nostálgica está em alta, e a Sega pretende dar a sua parcela de contribuição com o lançamento de "Sega Genesis Classic Collection Gold Edition", compilação de jogos de Mega Drive para PC que chega em 15 de março. O valor do pacote não foi divulgado.

A coletânea traz quatro volumes com games de séries e gêneros distintos. Entre os títulos estão jogos como "Golden Axe", "Comix Zone", "Shinobi III: Return of the Ninja Master", "Sonic the Hedgehog", "Kid Chameleon", "Shining Force" e "Streets of Rage".

Também foi informado que a compilação conta com suporte para partidas multiplayer em alguns jogos, e todos eles terão opção de salvar o progresso a qualquer momento e retomar a aventura do ponto em que parou.

Veja a seguir a relação completa de cada volume e os jogos contidos neles:

Volume 1
. "Golden Axe"
. "Altered Beast"
. "Comix Zone"
. "Ecco the Dolphin"
. "Gain Ground"
. "Shinobi III: Returno f the Ninja Master"
. "Vectorman"
. "Sonic the Hedgehog"
. "Crack Down"
. "Space Harrier II"

Volume 2
. "Ecco Jr"
. "Fatal Labyrinth"
. "Alex Kidd in the Enchanted Castle"
. "Bonanza Bros."
. "Super Thunder Blade"
. "ESWAT: City Under Siege"
. "Kid Chameleon"
. "Ristar"
. "Golden Axe 2"
. "Galaxy Force II"
. "Columns"
. "Sonic the Hedgehog 2"

Volume 3
. "Bio-Hazard Battle"
. "Columns III: Revenge of Columns"
. "Sword of Vermilion"
. "Virtua Fighter 2"
. "Ecco: The Tides of Time"
. "Alien Storm"
. "Decap Attack"
. "Flicky"
. "Sonic 3 & Knuckles"
. "Sonic Spinball"

Volume 4
. "LandStalker"
. "Shining Force"
. "Wonder Boy III: Monster Lair"
. "Dr. Robotnik's Mean Bean Machine"
. "Streets of Rage"
. "Streets of Rage 2"
. "Alien Soldier"
. "Light Crusader"
. "Sonic 3D Blast"
. "Gunstar Heroes"
. "Shining Force II"
. "Shining in the Darkness"
. "ToeJam & Earl"
. "ToeJam & Earl in Panic on Funkotron"

"Super Meat Boy" para X360 recebe novos estágios gratuitos.



Oferecendo mais desafios aos que ajudaram o protagonista de "Super Meat Boy" a avançar por todos os estágios sem virar carne moída, o Team Meat, estúdio responsável pelo game, anunciou que mais dois capítulos chegam hoje ao Xbox 360. O PC também receberá os extras futuramente.

O "Expert Remix" foi desenvolvido pelo Team Meat e traz estágios já disponíveis com algumas alterações, enquanto "Cramps" é assinado pelo jogador conhecido como NovaSilisko e traz 20 níveis repletos de desafios.

Ambos estarão disponíveis gratuitamente no capítulo "The Internets", acessado ao conseguir 15 bandagens ou completar 40 estágios.

Carne louca

"Super Meat Boy" nasceu na forma de um jogo feito em Flash para o website Newgrounds, onde fez bastante sucesso. A versão para consoles traz, além de novidades, um visual atualizado, ainda que mantendo a essência dos jogos antigos em pixel.

Os estágios do game foram intencionalmente planejados para que o jogador morra a cada salto. Ao passar de fase, é possível ver um replay que mostra todas suas tentativas frustradas de uma única vez, resultando em dezenas de Meat Boys pulando de um lado para o outro e explodindo nas armadilhas, até que sobre um único bonequinho vencedor - em outras palavras, uma maneira de rir do próprio fracasso.

O protagonista é capaz de grudar nas paredes (enquanto a gravidade o puxa para baixo), permitindo que ele escale paredes paralelas e alcance áreas altas. Contudo, existem outros personagens destraváveis, incluindo protagonistas de outros jogos independentes de sucesso, como Tim, de "Braid", Commander Video, da série "Bit.Trip", e mesmo o alienígena amarelo de "Alien Hominid", cada qual com suas próprias habilidades.

O jogo já está disponível para Xbox 360 e PC.

"Dead Space 2" recebe novo pacote de conteúdo extra no início de março.


As doses de terror espacial estão longe de acabar, pois a Electronic Arts revelou que o pacote "Severed" para "Dead Space 2" chega em 1 de março. O extra custará US$ 6,99 na PlayStation Store e 560 MS Points no Xbox Live.

"Severed" adiciona dois capítulos extras no modo campanha solo do jogo. Nestes novos episódios os jogadores podem presenciar o retorno das personagens Gabe Weller e Lexine Murdock, que estrelaram o jogo de tiro em trilhos "Dead Space: Extraction", para Wii e PlayStation 3.

A história dos dois vai ocorrer em paralelo à aventura de Isaac em "Dead Space 2", com o objetivo de levar Gabe e Lexine até um ponto seguro dos ataques dos Necromorphs.

Terror no espaço

"Dead Space 2" coloca o jogador em um ambiente ainda mais caótico. No controle de Isaac Clarke os jogadores terão em suas mãos novas ferramentas para "cortar e desmembrar os Necromorphs", enquanto ele foge da estação espacial Sprawl. Além da campanha para um jogador, que é mais voltada para ação que a original, o game também conta com um intenso componente multiplayer.

"Dead Space 2" está disponível em versões para PlayStation 3, PC e Xbox 360.

'Na surdina', Sony começa a vender PSP por R$ 1.299 no Brasil.


Desde o final de janeiro o PSP está à venda na Sony Style por R$ 1.299 (nos EUA, o portátil sai por US$ 169). A Sony Brasil não fez alarde sobre a iniciativa por "questões estratégicas", segundo a própria empresa.

Disponível no modelo 3010, o portátil tem certificação da Anatel, um ano de garantia e não acompanha nenhum jogo.

Lançado em 12 de dezembro de 2004 no Japão, o PSP vendeu mais de 60 milhões de unidades no mundo todo. Entre os títulos de maior sucesso estão os jogos da série "Monster Hunter", "Metal Gear Solid: Peace Walker" e o jogo musical "Lumines".

O modelo vendido na loja online da Sony não acompanha nenhum jogo, que nos EUA é chamado de modelo Core. O PSP é capaz de rodar jogos com gráficos 3D e tem tela de LCD widescreen 16:9 com resolução de 480 por 272 pixels e é capaz de exibir 16 milhões de cores.

O PSP tem leitor de disco UMD, entrada para cartão de memória do tipo Memory Stick Pro Duo e é possível assistir a vídeos, ver fotos, acessar a internet e ouvir música. Além disso, o PSP pode se conectar ao PlayStation 3.

Com o aparelho é possível acessar a loja online da família PlayStation e comprar jogos, baixar demos e outros itens multimídia.

Recentemente a Sony Computer Entertainment anunciou o sucessor do PSP, o Next Generation Portable, que chega ao mercado no final de 2011.

Atualização de "Mass Effect 2" para PS3 deixa escapar informações sobre novo extra.


Um novo pacote de missões extras para "Mass Effect 2" está a caminho. Isso pôde ser percebido com a última atualização do jogo para PlayStation 3, que trouxe novos Troféus do conteúdo extra. A notícia apareceu no fórum oficial da BioWare, onde os usuários discutiam a descoberta do pacote chamado de "Arrival".

Ao baixar o último patch de atualização para o jogo, três novos troféus foram revelados: "The Ultimate Sacrifice", que será desbloqueado quando o jogador completar o conteúdo extra "Arrival", "Last Stand", que é adquirido ao sobreviver cinco ondas na batalha de Object Rho, e "Covert Action", desbloqueado ao salvar a doutora Amanda Kenson sem chamar a atenção dos inimigos.

Até o momento, a BioWare não fez nenhuma declaração, mas segundo Jesse Houston, representante da empresa, as informações vazaram por acaso: "Quando adicionamos os troféus na atualização, achamos que ficariam invisíveis. Lição aprendida", disse Houston, no fórum oficial do jogo.

Os membros da comunidade especulam que o novo pacote de extras pode ser a ponte para "Mass Effect 3", que chega no final de 2011, para PC, Xbox 360 e PlayStation 3. As informações dos Troféus do novo extra foram retiradas do patch.

Aventura espacial

"Mass Effect 2" continua as aventuras do comandante Shepard, primeiro humano a virar um agente Spectre, grupo de elite formado por diversas raças do universo que tem como objetivo preservar a estabilidade da galáxia. Depois de destruir o exército Geth de Saren, Shepard parte para uma missão suicida nos confins do universo a fim de desvendar o mistério por trás de desaparecimentos de humanos em diversos planetas.

O game herda a mecânica do antecessor, que mistura RPG com batalhas que lembram um game de tiro. Para compor o grupo, Shepard tem a disposição soldados de várias raças e com especialização em diversas áreas. Uma das novas caras do game é Grunt, um alienígena da raça Krogan com sede de sangue, e Subject Zero, uma instável e violenta guerreira.

"Mass Effect 2" está disponível para PC, PlayStation 3 e Xbox 360.

"Forza Motorsport 4" promete simulação de pneus e compatibilidade com o Kinect.



Sempre apostando alto na simulação automobilística, a produtora Turn 10 promete ainda mais recursos para fazer de "Forza Motorsport 4" o jogo mais realista do Xbox 360.

Em recente matéria realizada pelo site norte-americano MSN Autos, os desenvolvedores deram detalhes sobre alguns dos recursos previstos para o game, que chega em exclusividade ao console da Microsoft até o final do ano. A produtora assumiu que o desenvolvimento está seguindo de forma até exagerada para garantir que o game seja o mais realista do mercado, incluindo até a digitalização de Bugatti Veyrons com laser.

A primeira grande novidade é a parceria da Turn 10 com a fabricante de pneus Pirelli, cujo objetivo é obter a mais avançada simulação de aderência dos pneus de acordo com as diferentes condições de corrida (Apesar de não confirmar, isso abre espaço para uma possível adição de mudanças climáticas dinâmicas, assim como em "Gran Turismo 5"). Apesar de poucos jogadores notarem a diferença, os produtores garantem que tal adição será muito apreciada pelos fãs de simulação.

Outra boa nova para os fanáticos por automobilismo é uma recriação ainda mais realista das pistas. Segundo a Turn 10, a equipe de desenvolvimento chegou a alugar cada circuito por dois a três dias somente para capturar terabytes de fotos e vídeos de cada curva, além das características da parte interna, arredores e o exterior das pistas. Segundo os fabricantes, será possível notar pequenas mudanças na angulação e outras anomalias com uma incrível precisão de centímetros. Tudo isso graças a um avançado sistema de GPS utilizado pela equipe.

Finalizando, o Kinect também será utilizado de forma efetiva no título. Com o acessório de sensores de movimentos será possível caminhar próximo aos veículos e até explorar cada detalhe de seu interior. O site do MSN ainda adiciona que esse modo conta com um volante "fantasma" para efetuar as curvas e também o total suporte ao Head Tracking, que acompanha os movimentos da cabeça do jogador. Com isso, a câmera acompanha a cada inclinação da cabeça para que o jogador tenha uma visão dinâmica da prova, como ao olhar para o carro do adversário enquanto ele é ultrapassado.

"Gran Turismo 5" ultrapassa marca de 6 milhões de unidades vendidas.


A produtora Polyphony Digital revelou em seu site oficial os números de cópias vendidas do seu mais recente simulador automobilístico "Gran Turismo 5", que já alcançou mais de 6,3 milhões de unidades vendidas no mundo. Porém o site não informa se o número é relativo às cópias enviadas para as lojas ou vendidas ao consumidor.

A Europa foi a região em que o título mais vendeu, com mais de 3,9 milhões de cópias. Na América do Norte foi um pouco mais de 1,5 milhão, e no Japão apenas 600 mil cópias. Ao todo, a franquia já ultrapassou os 63 milhões de unidades vendidas no mundo, sendo o título mais vendido "Gran Turismo 3 A-spec", para PlayStation 2.

Porém, entre os quatro títulos principais da franquia, "Gran Turismo 5" ainda está longe de alcançar o último colocado, "Gran Turismo 2", que conta com mais de 9,3 milhões de unidades vendidas.

Correndo por aí

Entre muitas atrações, "Gran Turismo 5" tem mais de mil carros, dezenas de pistas, modalidade multiplayer online, álbum de fotos e de replays. O modo de fotografia permite captar imagens durante a corrida, como antes, mas também há um ambiente específico para isso. O Gran Turismo TV também está de volta, e agora permite ver os vídeos no PSP.

"Gran Turismo 5" é um game exclusivo para PlayStation 3.

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Xperia Play, o celular-PlayStation, chega ao Brasil no 2º semestre de 2011.



Xperia Play é celular dedicado a jogos da Sony Ericsson.

O Xperia Play, smartphone que é capaz de rodar títulos de PSone - e por isso conhecido como celular-PlayStation Phone, será lançado oficialmente no Brasil ainda segundo semestre de 2011.

Procurada pela reportagem de UOL Jogos, entretanto, a Sony Ericsson não revelou o preço e se a loja de jogos também chegará no mesmo período.

As especificações técnicas serão as mesmas dos EUA, ou seja, o aparelho estará disponível nas cores preta e branca acompanhado de um cartão SD de 8 GB, tela sensível ao toque e rodará o sistema operacional Android Gingerbread 2.3.

O aparelho traz também uma câmera de 5.1 megapixels de resolução, tela de toque de 4 polegadas, processador Snapddragon de 1GHz de velocidade e chip gráfico Adreno, que promete rodar os games a 60 quadros por segundo.

Segundo o site oficial, o Xperia Play terá até sete jogos carregados na memória e terá total acesso à rede Android Market, que possui jogos como "Angry Birds" e "Dungeon Defence". Empresas como a Namco Bandai, PopCap e Gameloft anunciaram que oferecerão conteúdo para o aparelho, mas não há projetos anunciados.

Vale lembrar que as versões de games para o primeiro PlayStation que estão na PlayStation Store não são compatíveis com o Xperia Play, obrigando o jogador a comprá-las novamente, caso já as possuam, quando o serviço estiver disponível para o aparelho.

O Xperia Play chega no mercado americano em março e terá 50 jogos disponíveis no dia quem que chegar às lojas. A Sony Ericsson não divulgou o preço do aparelho, mas estima-se que fique em torno dos US$ 300.

Outras características

Como no PSPgo, há uma tela que protege os botões e corre na vertical, revelando os seis botões clássicos presentes em consoles/portáteis da família PlayStation (quadrado, X, triângulo, círculo e teclas de ombro, provavelmente L e R), além de direcional digital e duas alavancas analógicas.

Também foi revelado que o portátil contará com suporte a aplicativos como o Google Talk, o programa para conversas desenvolvido pelo Google, Google Mail (popularmente conhecido como GMail), Twitter, Facebook e outros.

Vendas de "Sniper: Ghost Warrior" já somam um milhão de unidades.



Mesmo com a recepção mediana, "Sniper: Ghost Warrior" já vendeu um milhão de cópias ao redor do globo sete meses após o seu lançamento. A contagem levou em conta a soma das versões destinadas ao Xbox 360 e PC.

"Foram dedicados muitos esforços e trabalho de toda a equipe da City Interactive [produtora do jogo] no desenvolvimento de 'Sniper: Ghost Warrior', então estamos muito satisfeitos com o sucesso mundial do game", disse Marek Tyminski, diretor executivo da City Interactive.

O game também terá uma versão para PlayStation 3, que chega às lojas ainda em 2011 trazendo extras e correções para os problemas vistos nas edições para Xbox 360 e PC.

Em "Sniper: Ghost Warrior" o jogador controla um atirador de elite que luta para derrubar o regime totalitário que tomou uma ilha tropical. Como o próprio nome sugere, o foco do game é no combate à distância, e fatores como vento e movimentação do alvo influenciam cada disparo feito durante a jornada.

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

"Assassin's Creed: Brotherhood" é indicado a sete prêmios BAFTA.



A Academia Britânica de Artes Televisivas e de Cinema (BAFTA, na sigla em inglês) anunciou os indicados para os melhores games de 2010, que acontece no dia 16 de março, em Londres. O jogo "Assassin's Creed: Brotherhood" lidera o número de indicações, concorrendo em sete categorias, incluindo a de Melhor Jogo do Ano.

"Call of Duty: Black Ops" vem logo em seguida, com seis indicações (sete se contar a categoria 'Game Award', que é votada pelo público). Curiosamente, o título de ação da Activision e o jogo de faroeste "Red Dead Redemption", não estão concorrendo na categoria de melhor jogo do ano, como normalmente costumam aparecer em outras premiações.

Outros indicados incluem o drama interativo "Heavy Rain", também com seis indicações e o RPG espacial "Mass Effect 2", com cinco. Ao todo, foram nomeados 44 jogos.

Confira abaixo as categorias e os indicados:

Ação

. "Assassin's Creed Brotherhood"
. "Battlefield: Bad Company 2"
. "BioShock 2"
. "Call of Duty: Black Ops"
. "God of War III"
. "Halo: Reach"

Realização Artística

. "Assassin's Creed Brotherhood"
. "Call of Duty: Black Ops"
. "God of War III"
. "Heavy Rain"
. "LIMBO"
. "Mass Effect 2"

Melhor Jogo

. "Assassin's Creed Brotherhood"
. "FIFA 11"
. "Heavy Rain"
. "LIMBO"
. "Mass Effect 2"
. "Super Mario Galaxy 2"

Jogos Familiares

. "Dance Central"
. "Kinect Adventures"
. "Kinect Sports"
. "Kinectimals"
. "LEGO Harry Potter: Years 1-4"
. "Toy Story 3"

Jogabilidade

. "Assassin's Creed Brotherhood"
. "God of War III"
. "Heavy Rain"
. "LIMBO"
. "Mass Effect 2"
. "Super Mario Galaxy 2"

Portáteis

. "Cut the Rope"
. "God of War: Ghost of Sparta"
. "LEGO Harry Potter: Years 1-4"
. "Professor Layton and the Lost Future"
. "Sonic Colours"
. "Super Scribblenauts"

Multiplayer

. "Assassin's Creed Brotherhood"
. "Battlefield: Bad Company 2"
. "Call of Duty: Black Ops"
. "Halo: Reach"
. "Need for Speed: Hot Pursuit"
. "Starcraft II: Wings of Liberty"

Música Original

. "Alan Wake"
. "Fable III"
. "Heavy Rain"
. "James Bond 007: Bloodstone"
. "Mass Effect 2"
. "Super Mario Galaxy 2"

Rede Sociais

. "Bejeweled Blitz"
. "Farmerama"
. "FIFA Superstars"
. "My Empire"
. "Zoo Mumba"
. "Zuma Blitz"

Esportes

. "F1 2010"
. "FIFA 11"
. "Football Manager 2011"
. "Gran Turismo 5"
. "International Cricket 2010"
. "Pro Evolution Soccer 2011"

Roteiro

. "Alan Wake"
. "BioShock 2"
. "Call of Duty: Black Ops"
. "Fallout: New Vegas"
. "Heavy Rain"
. "Mass Effect 2"

Estratégia

. "Civilization V"
. "Fallout: New Vegas"
. "FIFA Manager 11"
. "Napoleon Total War"
. "Plants vs. Zombies XBLA"
. "Starcraft II: Wings of Liberty"

Inovação Tecnológica

. "Assassin's Creed Brotherhood"
. "Call of Duty: Black Ops"
. "Halo: Reach"
. "Heavy Rain"
. "Kinectimals"
. "Super Mario Galaxy 2"

Uso de Áudio

. "Alan Wake"
. "Assassin's Creed Brotherhood"
. "Battlefield: Bad Company: 2"
. "Call of Duty: Black Ops"
. "DJ Hero 2"
. "LIMBO"

Game Award 2010

. "Call of Duty: Black Ops"
. "Dance Central"
. "FIFA 11"
. "Halo Reach"
. "Heavy Rain"
. "Limbo"
. "Mass Effect 2"
. "Need for Speed: Hot Pursuit"
. "Red Dead Redemption"
. "Super Mario Galaxy 2"

PS3 modificados terão acesso bloqueado à rede PlayStation Network, diz Sony.


A Sony resolveu seguir os passos da rival Microsoft e muito em breve, vai iniciar o banimento de usuários de programas e jogos não assinados ou pirateados no PlayStation Network do PlayStation 3.

Em nota oficial, o gerente de mídias sociais da Sony Jeff Rubenstein foi enfático ao afirmar que "Copiar ou reproduzir software pirata é uma violação das leis internacionais de direitos autorais e os consumidores que se utilizam de dispositivos de evasão ou executam software não autorizado ou pirateado terão seu acesso ao PlayStation Network encerrados permanentemente".

Para evitar que isso aconteça, a Sony admite "perdoar" os consumidores que se utilizaram desses métodos de pirataria até agora, mas alerta que estes parem imediatamente com o uso, removendo todos os dispositivos de evasão e excluindo quaisquer softwares não-autorizados ou pirateados do sistema do PlayStation 3.

Finalizando, Rubenstein deixou claro que tais medidas visam encerrar definitivamente a onda de manipulações e truques ilegais de usuários de dispositivos não autorizados na rede PlayStation Network. Ao encerrar as atividades online desses usuários de pirataria, a Sony espera proteger os seus negócios e oferecer uma experiência de jogo mais honesta aos seus clientes que apostam no mercado de games originais. De acordo com a Sony, estes "pertencem a uma maioria esmagadora que aproveitam o mundo do entretenimento oferecido pelo PlayStation 3".

Bloqueando o acesso online aos piratas

Após constantes quebras de braço entre a Sony e os ciberpiratas, ao que parece, a fabricante do PlayStation 3 conseguiu, enfim, bloquear os métodos que permitiam a execução de jogos copiados na PlayStation Network, utilizando o firmware 3.55 personalizado. Com a intervenção da empresa, a rede PSN aceita apenas conexões de consoles com o firmware 3.56, fazendo com que os ciberpiratas não tenham acesso à rede.

Estes métodos envolvem a mudança das configurações do sistema DNS do PlayStation 3, que reporta se o console está rodando o firmware atual ou não.

A Sony já utilizou esses truques antes para impedir os acessos ilegais, porém a solução é temporária, já que o console acaba se abrindo novamente toda vez que a empresa lança uma nova atualização do sistema. De qualquer forma, ao menos por enquanto, a PSN estará menos suscetível aos ciberpiratas e trapaceiros online.

Recentemente, a gigante japonesa ameaçou processar qualquer um que distribuisse ou disponibilizasse os códigos que contornam a segurança do PlayStation 3, liberados pelo ciberpirata George Hotz. A gigante japonesa exigiu, através de tribunal federal, que os sites Google e Twitter revelassem informações privadas de usuários que comentaram ou assistiram a vídeos sobre a quebra de segurança do console.

O bloqueio de uso às redes onlines de consoles não é novidade. A Microsoft utiliza desse recurso para impedir que os usuários de Xbox 360 modificados acessem a rede Xbox Live. Os chamados 'banimentos' ocorrem regularmente e é a principal arma da empresa contra os ciberpiratas.

Exclusivo para PC e Mac, novo pacote de missões para "Left 4 Dead 2" chega em abril.



A luta pela sobrevivência está longe de ter um final, pois mais um pacote de conteúdo para "Left 4 Dead 2" está a caminho. Sem nome definido, o extra está previsto para algum dia "após o lançamento de 'Portal 2'", marcado para abril.

Desenvolvido por Matthew Lourdelet, que criou o mapa "2 Evil Eyes" para "Left 4 Dead", o pacote trará uma nova campanha chamada Cold Stream. Também foi informado que as três primeiras missões do game original estarão no extra.

A produtora Valve anunciou no blog oficial do game que o adicional terá um período de teste nas próximas semanas, e o arquivo para análise estará disponível na interface de usuário do jogo. Apenas os donos de PC e Mac podem participar da verificação.

A volta dos que não foram

"Left 4 Dead" e "Left 4 Dead 2" são jogos de tiro em primeira pessoa para PC, Mac e Xbox 360 que têm como tema a luta pela sobrevivência. Ambos suportam até quatro jogadores, cada um controlando um personagem, e possuem diferenças nas armas e inimigos apresentados.

Primeiro conteúdo extra de "Castlevania: Lords of Shadow" chega apenas em março.



Os caçadores de criaturas demoníacas que aguardavam pelo primeiro pacote de conteúdo para "Castlevania: Lords of Shadow", intitulado "Reverie", devem esperar mais um pouco antes de entrar em ação. Em mensagem publicada no Facebook, a Konami revelou que o extra, antes previsto para fevereiro, só chega em março.

"O pacote de conteúdo 'Reverie' foi adiado para março. Pedimos desculpas pelo atraso, mas a alteração de datas fará a espera valer a pena", escreveu a produtora.

Em "Reverie", Gabriel, protagonista de "Lords of Shadow", volta ao castelo para ajudar Laura (a antiga serva do vampiro Carmilla) a destruir um grande mal. Para cumprir esse objetivo, o personagem passará por diversas áreas inéditas e enfrentará monstros que não apareceram na porção principal do game.

Senhor do Mal

"Castlevania: Lords of Shadow" acontece no "fim dos dias", quando a aliança da Terra com os Céus é ameaçada por uma força malévola - o tal "senhor das trevas" a que o título se refere. Sendo um jogo da linha "Castlevania", parece clara a identidade dessa encarnação do Mal.

O protagonista do novo game é Gabriel (dublado por Robert Carlyle, de "Trainspotting" e "Extermínio 2"), membro da Irmandade da Luz, um grupo de elite de cavaleiros sagrados que protege os inocentes dos poderes sobrenaturais. "Sua amada esposa foi assassinada brutalmente por forças malévolas das sombras e sua alma aprisionada pela eternidade", diz a Konami sobre o personagem. Sua luta é para trazer a paz de volta ao mundo.

O elenco estrelado de dubladores ainda inclui Patrick Stewart (o Professor Xavier do longa-metragem de "X-Men"), Ian McKellen (da trilogia "O Senhor dos Anéis" e também de "X-Men"), Natasha McElhone ("A Outra") e Jason Isaacs (Lucius Malfoy da franquia "Harry Potter").

"Castlevania: Lords of Shadow" já está disponível para PlayStation 3 e Xbox 360.

Brasil é um dos líderes em pirataria de jogos, diz associação.

Michael Gallagher, diz que Brasil é um dos líderes mundias na pirataria de jogos.

De acordo com o relatório encomendado pela Associação de Softwares de Entretenimento dos Estados Unidos (ESA), o Brasil está na lista dos cinco países que não conseguem proteger adequadamente os direitos de propriedade intelectual, ou em outras palavras, os países campeões da pirataria no mundo.

Juntamente com o Brasil, outros países citados pela ESA são Itália, China, Espanha e França, que supostamente representaram 54% do compartilhamento de dados copiados ilegalmente em 2010.

Em 2009 a ESA detectou mais de 144 milhões de conexões de pessoas participando de compartilhamento não autorizado de dados em mais de 200 países, sendo que Itália, China, Espanha, Brasil e França (nesta exata ordem) encabeçam os cinco maiores consumidores de artigos piratas, com mais de 78 milhões de detecções.

O presidente da ESA, Michael Gallagher explica "Nossa indústria continua crescendo nos Estados Unidos, mas os níveis preocupantes da pirataria online atrapalham as vendas e cresce em um grande número de países, incluindo Itália, China, Espanha, Brasil e França, onde vemos volumes esmagadores de atividades de compartilhamento ilegal entre pessoas que envolvem títulos líderes de mercado.

Mesmo de longe, Gallagher reconhece que a pirataria atrapalha não só as distribuidoras norte-americanas, mas também a indústria de games desses países "As distribuidoras perdem oportunidades de exportação, os Estados Unidos perdem oportunidades de expandir a nossa economia e os consumidores desses países perdem o benefício de ter um mercado local de videogames mais próspero", explica.

De acordo com a Associação de Entretenimento Interativo do Reino Unido (UKIE), a indústria britânica de videogames perdeu cerca de 1,45 bilhões de libras para a pirataria de softwares em 2010.

"Crysis 3" pode não chegar aos computadores por causa da pirataria, diz produtora.



A pirataria nos computadores pode fazer com a série "Crysis" deixe de de ser lançada para a plataforma. Foi o que revelou a Crytek em entrvista para o site Eurogamer em relação ao caso do vazamento da versão inacabada de "Crysis 2".

A produtora revelou que graças ao "vazamento" da versão de "Crysis 2", não seria surpresa ver o terceiro episódio da série sendo lançado apenas nos consoles. "É complicado entender as razões por trás da pirataria ou a justificativa daqueles que fazem isso [baixam jogos ilegalmente], disse Paul Gibson, executivo da Crytek.

"Eles podem conseguir um jogo de graça, ou antecipadamente, mas estão prejudicando os desenvolvedores e todos aqueles que compraram cópias originais. A indústria só faz dinheiro com a venda de jogos e perder essa renda para a pirataria pode significar o fim dos jogos. Nós já podemos ver isso no mercado de jogos para PC e eu não me surpreenderia se 'Crysis 3' fosse lançado apenas nos consoles", desabafou o executivo.

Para tentar conter tais abusos por parte dos jogadores, algumas empresas passaram a adotar um sistema de verificação de legitimidade para seus games. A Ubisoft, por exemplo, exigiu que os donos da versão para PC de "Assassin's Creed II" permanecessem conectados mesmo durante as partidas na campanha solo, mas voltou atrás e removeu tal obrigatoriedade há algum tempo.

Enquanto algumas produtoras tentam, de alguma forma, oferecer experiências similares a donos de consoles e computadores, outras abrem mão de disponibilizar alguns jogos para PC. A Capcom, por exemplo, disse que a pirataria foi a responsável por dizimar os planos de uma versão de "Super Street Fighter IV" para a plataforma, tudo porque "Street Fighter IV" foi considerado "o número um em pirataria" na época de seu lançamento.

Tecnologia em favor do bem

"Crysis 2" será ambientado na cidade de Nova York. No primeiro game o jogador tinha o controle de um membro do exército americano que combatia norte-coreanos numa parte do game e alienígenas na outra. Entretanto a identidade do protagonista do segundo episódio da série ainda não foi revelada.

Uma das novidades do game é a versão 2.0 da Nanosuit, armadura de combate utilizada pelos protagonistas da franquia e que garante aumento de habilidades. Em "Crysis 2", além do tático, os outros quatro modos retornam com ajustes importantes. Um bom exemplo dessas alterações está na combinação das funções Speed e Power, que aumentam a velocidade e força do herói.

"Crysis 2" tem lançamento previsto para o dia 22 de março, em versões para PC, PlayStation 3 e Xbox 360.

Capcom anuncia roupas alternativas para os lutadores de "Marvel vs. Capcom 3"



Os fãs de pancadaria e super-heróis comemoram o lançamento de "Marvel vs. Capcom 3: Fate of two Worlds" nesta terça-feira (15), e de acordo com a Capcom, a partir do dia 1º de março estará disponível para download, nas redes PlayStation Network e Xbox Live, roupas alternativas para os lutadores.

As novas vestimentas irão custar US$ 5 e 400 MS Points, na PSN e Live, respectivamente. No mesmo dia a Capcom vai disponibilizar também o pacote Shadow Mode, um modo adicional que vai permitir lutar contra oponentes personalizados, com base em jogadores conhecidos.

O primeiro pacote do Shadow Mode vai incluir a personalidade de Ryota Niitsuma, o produtor do jogo, Akihito Kadowaki, produtor assistente, e um dos responsáveis pela garantia de qualidade.

"Marvel vs. Capcom 3" chega oficialmente ao Brasil no próximo dia 22, pelo preço sugerido de R$ 199 (versão padrão) e R$ 299 (versão especial).

O destino de dois mundos

"Marvel vs. Capcom 3" é o aguardado novo episódio da popular franquia "vs." da Capcom, iniciada em meados dos anos 90.

Na última década os fãs de pancadaria entre heróis e vilões de várias séries ficaram órfãos de games da produtora, mas a maré mudou com a chegada de "Tatsunoko vs. Capcom", em 2010, para o Wii, e agora alcança a alta definição do PlayStation 3 e Xbox 360.

"Marvel vs. Capcom 3" traz de volta velhos conhecidos, como Wolverine, Homem-Aranha e Ryu, mas também inova ao colocar nas arenas guerreiros até então inéditos na série, como a loba Amaterasu e o deus do trovão Thor.

Novo "Assassin's Creed" chega em 2011; game será apresentado em maio.


Os fãs dos assassinatos de Ezio e seus aliados que já sentem saudade das aventuras de "Assassin's Creed" podem comemorar. A Ubisoft confirma mais uma versão do jogo para 2011.

Segundo a produtora, apesar de o jogo ainda não ter uma data confirmada de lançamento, é certo que fica pronto até o final do ano. O game, ainda sem nome, será revelado em maio, um mês antes da E3 (Electronic Entertainment Expo), feira americana que acontece em Los Angeles, entre os dias 7 e 9 de junho, com cobertura ao vivo de UOL Jogos.

A Ubisoft afirma também que o novo projeto não possui nenhuma ligação com "Assassin's Creed: Lost Legacy" para o portátil 3DS, também previsto para 2011. Ao todo, a série iniciada em 2007 conta com seus capítulos, sendo três para portáteis e três para consoles e é considerada pela sua produtora como um de seus mais importantes títulos para a atual geração.

Confraria de assassinos

O mais recente título da franquia, "Assassin's Creed: Brotherhood" segue os eventos apresentados no segundo título da série, mostrando um Ezio mais maduro e tratado como mestre da sociedade secreta de assassinos que confronta a legião dos antigos templários.

O alvo agora é Roma, coração do inimigo, o que prova que a tarefa não vai ser nada fácil. Para isso, Ezio conta com a ajuda de outros assassinos, cada um com habilidades diferentes e influências específicas dentro da corte e também em meio à plebe como um todo.

O jogo chegou aos consoles Xbox 360 e PlayStation 3 em 16 de novembro. A versão para PC chega até o fim do primeiro quadrimestre de 2011.

"F.E.A.R. 3" permitirá jogar com o vilão do primeiro jogo.



Aqueles que experimentarem os sustos prometidos por "F.E.A.R. 3" podem encarar tais situações de forma cooperativa, com um jogador controlando Point Man e outro no papel de Paxton Fettel, o vilão do primeiro jogo da série.

De acordo com informações divulgadas pela distribuidora Warner Bros., ao concluir um estágio como Point Man o jogador automaticamente ganha a opção de visitá-lo com Paxton. Apesar de passarem por situações idênticas, a experiência de jogo será totalmente diferente, uma vez que Point Man usa armas de fogo e o outro conta com poderes psíquicos.

Antagonista do game original, Paxton Fettel é um personagem que retorna como aliado no terceiro jogo. Enquanto em "F.E.A.R." ele controlava um exército de supersoldados contra o jogador, na nova aventura ele decide colocar "a cara à tapa" e ajudar Point Man a frustrar os planos de Alma.

S.U.S.T.O.S.

No novo game, Alma está de volta e gestando uma criatura demoníaca. O jogador assume o papel de Point Man, um soldado modificado geneticamente que estreou no primeiro game.

No modo cooperativo um outro jogador controla Paxton Fettel, irmão de Point Man. No entanto, Fettel é uma entidade fantasmagórica, com poderes de telecinese. A experiência de jogo pretende ser bem diferente entre os personagens.

Uma das características do novo game é o Generative Scare System, em que o posicionamento e o momento da aparição dos inimigos mudam a cada partida, fazendo com que os eventos de sustos não sejam previsíveis.

"F.E.A.R. 3" será lançado em versões para PlayStation 3, Xbox 360 e PC e está agendado para maio deste ano.

Defeito em "Gran Turismo 5" pode eliminar progresso do jogador.



Mais um problema com "Gran Turismo 5", simulador de corridas exclusivo do PlayStation 3, está gerando preocupação para os jogadores. Foi descoberto um novo problema que pode inutilizar completamente o progresso do jogador.

De acordo com o site GTPlanet, alguns usuários relataram que perderam o seu progresso no jogo assim que o arquivo de save atingiu o tamanho de 4165KB. Avisado pela mensagem "Espaço insuficiente no disco rígido. Pelo menos 32MB são necessários. Por favor, saia do jogo e libere espaço", o jogador pode até reiniciar o jogo, mas todo o seu progresso é danificado, não podendo mais ser carregado na opção de "Load".

Via Twitter, o presidente da Polyphony Digital (produtora do jogo) e diretor de "Gran Turismo 5", Kazunori Yamauchi, avisa que este erro de programação vai ser resolvido na próxima atualização, prevista para 18 de fevereiro.

O site ainda alerta aos jogadores que fiquem de olho em seus arquivos, já que tal defeito acontece naturalmente conforme o jogador progride no modo carreira. Desta forma, quaisquer informações extras, como a compra de novos veículos podem contribuir para que o erro ocorra.

A solução, ao menos até que os produtores resolvam definitivamente o defeito, é reduzir drasticamente as horas de jogo e, para evitar qualquer surpresa desagradável, fazer uma cópia de segurança dos dados de jogo em um dispositivo externo, como um Pendrive.

Outro grande contribuinte para o acúmulo de bytes no arquivo do jogo é a coleção de Museum Cards, uma espécie de catálogo de cartões colecionáveis que mostram um pouco da história das corridas e são distribuídos a cada nova visita no PlayStation Network. O site complementa que os cartões são adicionados automaticamente, mas não causam o travamento até que o jogador resolva verificá-los.

Correndo por aí

Entre muitas atrações, "Gran Turismo 5" tem mais de mil carros, dezenas de pistas, modalidade multiplayer online, álbum de fotos e de replays, inclusive uma opção para publicar os vídeos diretamente no site Youtube.

O modo de fotografia permite captar imagens durante a corrida, como antes, mas também há um ambiente específico para isso. O Gran Turismo TV também está de volta, e agora permite ver os vídeos no PSP.

"Gran Turismo 5" é um game exclusivo para PlayStation 3.

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

"I Am Alive" não será jogo por download, explica produtora.



Primeiro de abril está longe, mas a temporada de falar sobre coisas que não são reais foi antecipada. A história mais recente veio de Jade Raymond, que revelou ser uma "brincadeira" o fato de que "I Am Alive" seria lançado em formato digital, contada no início do mês ao site JeuxVideo.

"Apesar de nossa responsabilidade nessa história ser zero, nós ainda queremos nos desculpar pelo engano vindo desta inocente brincadeira", disse o site JeuxVideo.

Sendo assim, "I Am Alive" volta a ser um jogo projetado para chegar às lojas em mídia física e com versões para Xbox 360 e PlayStation 3. A data de lançamento do jogo segue sem confirmação.

Revelado durante a E3 2008, "I am Alive" conta a história de Adam Collins, sobrevivente de um terrível terremoto na cidade de Chicago. Com um grande foco na parte emocional dos personagens, o jogador deverá guiar Collins nesta luta pela sobrevivência, encontrando mantimentos e tentando lidar com outras pessoas que farão de tudo para se manterem vivos no meio deste caos. Itens serão escassos, seja uma arma de fogo com munição ou uma garrafa de água.

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Diretor do filme de "Uncharted" diz que é impossível agradar a todos os fãs da série.


Anunciado alguns meses atrás, o filme inspirado no premiado game de PlayStation 3 "Uncharted: Drake's Fortune", conta com o roteiro e direção de David O. Russel (de "Três Reis" e "O Vencedor"), disse que
Segundo Russel, não é possível agradar a todos os fãs, mas que ele não se envolveria no projeto se não fosse para fazer um grande filme, disse ao site IGN.

"Eu acho que não há muitos jogos que te façam pensar 'Isto daria um grande filme'. Não existem muitas referências, por isso eu acho que não há uma regra que diz que você precisa transportar o jogo diretamente para a tela", continuou.

"Eu quero que os jogadores fiquem felizes. Eu tenho um total respeito pelo jogo. Os meus filhos adoram jogá-lo, eu amo jogá-lo. Apenas quero criar um mundo que o leva a outro patamar, a outro mundo incrível que é mais cinemático", explicou.

O ator Mark Wahlberg, que já trabalhou com Russel em outros três filmes, irá protagonizar o herói Nathan Drake. Russel já demonstrou ter interesse nos atores Robert De Niro e Joe Pesci para compor a família de Drake nos cinemas, mas nada foi confirmado até agora. Em outra entrevista recente, o diretor disse que a atriz Scarlett Johansson ficaria bem no papel de Elena, par romântico de Drake no game.

A série de jogo que mostra as aventuras de Nathan Drake está em seu terceiro capítulo, batizado de "Unhcarted 3: Drake's Deception" e atualmente em produção pela produtora Naughty Dog.

Dissimulação

Como o próprio nome sugere, em "Unhcarted 3: Drake's Deception", o protagonista Nathan Drake está envolto numa teia de mentiras, em que nada parece ser o que é. No fim, o herói descobrirá verdades ocultas sobre sua identidade.

A história tem como foco a relação entre Nathan e seu amigo e mentor, Sullivan, que tentam encontrar uma lendária localidade conhecida como a "Atlântida das areias" ou Iram, a cidade dos pilares. A aventura os leva a locais como a península arábica, mais precisamente ao deserto de Rub' al Khali, também chamado de "Quarteirão Vazio".

Elevando a qualidade da série, a produtora Naughty Dog revelou que o terceiro game da série também poderá ser jogado com imagens em 3D estereoscópico. Outra novidade é a inclusão de ângulos de câmera mais dramáticos que ajudam a aumentar a emoção em momentos cruciais do jogo, deixando-o ainda mais próximo de um filme.

As modalidades competitiva e cooperativa também marcam presença em "Uncharted 3: Drake's Deception". Uma das adições para os combates é que agora o jogador tem a chance de acabar com diversos inimigos simultaneamente.

Mais de 1 trilhão de disparos foram feitos em partidas online de "Call of Duty: Black Ops"



Estatísticas são chatas em alguns casos, mas quando estão relacionadas a jogos de sucesso se tornam interessantes. A mais recente foi divulgada pela Activision, e traz dados sobre o game "Call of Duty: Black Ops".

Desde o lançamento do game, que aconteceu em novembro do ano passado, foram contabilizados "assassinatos" equivalentes a nove vezes o total da população mundial. Para atingir essa marca, foram disparados 1 trilhão de tiros, e no caminho os jogadores adquiriram 147 bilhões de CoD Points (que habilitam armas e equipamentos no jogo) e gravaram mais de 43 milhões de vídeos.

A produtora revelou ainda que as armas favoritas dos jogadores são, em ordem, Famas, AK74u e Galil, e os "perks" (modificadores utilizados na modalidade multiplayer para afetar os equipamentos e propriedades do personagem) mais populares são o Marathon, Sleight of Hand e Lightweight.

Conflito no Vietnã

"Call of Duty: Black Ops" narra as missões secretas que aconteceram durante a Guerra Fria, período de tensão entre Estados Unidos e a então União Soviética depois da Segunda Guerra.

O game conta com a colaboração de dois especialistas: major John Plaster, veterano do Grupo de Estudos e Observações (SOG na sigla em inglês), uma unidade de operações secretas liderada pela CIA durante a Guerra do Vietnã, e Sonny Puzikas, um membro das forças especiais da antiga União Soviética.

"Call of Duty: Black Ops" está disponível em versões para PC, Xbox 360, PlayStation 3, Wii e Nintendo DS.

Garoto gasta quase US$ 2 mil na Xbox Live; mãe culpa Microsoft.

Garoto gastou mais de mil libras em jogos e conteúdos extras para jogos.

Uma mãe de 37 anos da Inglaterra recebeu um presente inesperado do seu filho Brendan Jordan, de 11 anos de idade: uma dívida de 1.082,52 libras (cerca de US$ 1.743,90) feita através do cartão de crédito dela na rede Xbox Live. Para pagar a dívida, a mãe chamada Dawn Matthews está trabalhando em dois empregos. Ela tentou reclamar com a Microsoft, mas aparentemente a gigante norte-americana apenas a ignorou.

"Quando eu coloquei meus dados do cartão há 18 meses atrás, eu achei que era apenas para a sua adesão para jogar online com seus amigos", disse a mãe para o jornal The Daily Mail. "Mil libras não é muito para pessoas como Bill Gates, mas para uma mãe solteira é muito dinheiro - e que eu não tenho".

Dawn disse ao jornal que reclamou com o banco e com a Microsoft, mas que ninguém tentou ajudá-la. "Levou séculos para tirar definitivamente os detalhes do meu cartão do website", diz ela. "Foi só quando eu fiz uma denúncia que eles apagaram todos os meus dados".

Segundo Dawn, que agora trabalha como executiva de vendas e cantora, seu filho levou seis meses para acumular a quantia, mas ela culpa a Microsoft por fazer o sistema "tão fácil para o seu filho gastar dinheiro".

"Brendan tem 11 anos e sabe suas responsabilidades, mas foi só quando eu expliquei-lhe que ele percebeu o quanto dinheiro ele tinha gasto", disse Dawn. Segundo ela, quando percebeu o erro, Brendan desligou o console e disse que nunca mais queria jogar, e começou a chorar. Ela não puniu o filho, pois ele está muito arrependido e disse que não vai fazer isso nunca mais.

"É um absurdo permitir que alguém da idade dele faça pagamentos sem qualquer verificação do que está sendo feito", diz ela. "É impossível monitorar tudo o que seus filhos fazem", acrescenta. "Estas empresas devem assumir alguma responsabilidade. Eles se aproveitam de pessoas vulneráveis".

A Microsoft respondeu em comunicado sobre o assunto que é para isso que existe o sistema de controle dos pais na Xbox Live, para que os responsáveis tenham controle do que os seus filhos estão gastando. A empresa ainda acrescentou que denúncias como a de Dawn "são extremamente raras".

PlayStation 3 prateado chega ao Japão em março.

PS3 prateado chega à Terra do Sol Nascente em 10 de março.

Os japoneses que estão cansados do visual preto do novo PlayStation 3 terão uma nova opção de cor para o console a partir de 10 de março.

O PS3 Satin Silver é uma edição limitada do console na cor prata e terá opções de HD de 160GB e 320 GB. O primeiro modelo sai por cerca de 30 mil ienes (US$ 367), enquanto que o segundo sai por 35 mil ienes (US$ 428).

Apesar da nova cor, a caixa do Satin Silver não conta com nenhuma novidade além dos itens tradicionais já inclusos em qualquer outro modelo: um controle Dual Shock 3, cabo de força, cabo de áudio e vídeo, além do cabo USB para carregar a bateria do controle.

O novo modelo visa aproveitar a nova leva de jogos previstos para o console, entre eles "Dynasty Warriors 7", "MotorStorm Apocalypse" e "Yakuza of the End". Além do novo modelo, a Sony também disponibilizará nas lojas o suporte vertical do Satin Silver por 2 mil ienes (US$ 25).

Finalizando, outra novidade é um novo controle remoto para as funções de Blu-ray de PS3 que controla também o Torne, sintonizador e gravador de TV digital da fabricante vendido exclusivamente no Japão. O controle, que dificilmente será comercializado fora do Japão, sai por 3,6 mil ienes (US$ 45).

Anunciados somente para o mercado japonês, os modelos Satin Silver do PlayStation 3 não tem foram anunciados para outros países e devem ficar restritos ao arquipélago.

Chegada do NGP não vai tirar o PSP de linha, diz Sony.

"Ambos vão coexistir", diz Shunhei Yoshida sobre o futuro do PSP com a chegada do NGP.

Sempre que um novo console é lançado o seu antecessor passa a ter dias contados. Porém, a Sony não tem planos de "matar" o PSP assim que o Next Generation Portable (NGP), nome provisório do novo portátil da empresa, chegar às lojas.

Falando à revista Edge, Shuhei Yoshida, presidente da Sony Worldwide Studios, comentou que não seria um bom negócio abandonar o suporte oferecido ao PSP, pois o videogame ainda possui uma base forte de jogadores.

"O NGP apresenta tudo que a Sony pode e espera fazer atualmente, mas ele não pode tomar o lugar de uma plataforma que já está no mercado há sete anos. Em termos de preço, não podemos vender o NGP pelo mesmo valor do PSP, que já se tornou acessível e popular especialmente entre o público mais jovem. Sendo assim, inicialmente, ambos os videogames vão coexistir", explicou Yoshida.

Novo portátil

Segundo Kaz Hirai, presidente da Sony, o NGP é um nome provisório para o novo portátil, que tem data de lançamento marcada para o final de 2011. O aparelho tem formato similar ao PSP-3000, porém pretende acabar com as reclamações dos jogadores retirando o disco analógico e colocando em seu lugar duas alavancas analógicas.

O aparelho conta com uma touch screen multitoque de cinco polegadas na parte de trás e duas câmeras, sendo uma frontal e outra traseira. Além dessas novidades, o novo portátil possui um giroscópio interno e um GPS integrado. Todos esses recursos podem ser usados para jogos ou aplicativos que serão disponibilizados na PlayStation Store.

Além de ter memória interna, o NGP terá cartuchos chamados "New Game Media", nome também provisório, segundo a empresa. Somado a isso, o portátil é compatível com todos os jogos para PSP da loja virtual da Sony.

A Sony disse que o novo videogame vai ter diversas funcionalidades online, e por isso ele será dotado de conexões Wi-Fi e 3G para baixar jogos diretamente da PlayStation Network, por exemplo. Entre as funcionalidades de rede está a possibilidades de arrecadar troféus da mesma forma que acontece em jogos para PlayStation 3.

Nokia fecha parceria com Microsoft para criar celulares com Windows Phone 7.

Aparelhos da Nokia terão o sistema operacional da Microsoft.

Visando o crescente mercado de dispositivos móveis e a entrada definitiva na briga contra o Google (Android) e a Apple (iOS), a Microsoft anuncia um contrato de parceria com a Nokia que prevê todos os celulares da fabricante finlandesa saindo das fábricas com o sistema operacional Windows Phone 7.

Com este acordo de longa duração, as duas empresas visam a criação de "produtos móveis líderes de mercado e serviços voltados aos consumidores e desenvolvedores destes dispositivos". Desta forma, as duas esperam colaborar com o crescimento uma da outra, já que os aparelhos da Nokia podem ajudar a popularizar o recém-lançado sistema operacional da Microsoft, enquanto o Windows Phone 7 pode alavancar as vendas dos futuros celulares especialmente desenvolvidos para ele.

Desde que lançados, o IOs da Apple e o Android do Google dominam o mercado de sistemas operacionais para Smartphones, deixando o Symbian da Nokia para trás. Recentemente, o diretor executivo da companhia Stephen Elop chegou a alertar a sua equipe que a empresa estava "de pé sobre uma plataforma em chamas".

Agora mais otimista, Elop exalta a parceria "Hoje, desenvolvedores, operadores e consumidores querem comparar os produtos móveis e isso não inclui apenas o dispositivo, mas também o software, serviços, aplicativos e atendimento ao consumidor podem fazer a diferença na hora da compra. A Nokia a a Microsoft estão juntando suas forças para entregar um ecossistema com alcance global e sem paralelo ou escala. Agora existe uma corrida com três cavalos", enfatiza.

O diretor-executivo da Microsoft Steve Ballmer adiciona "O sucesso de um ecossistema é alimentado pela velocidade e inovação. A parceria anunciada hoje oferece uma vasta experiência em hardware e software e capacidade comprovada para tal execução.

Além da parceria de distribuição de Windows Phone 7 pela Nokia, outros tópicos do acordo incluem a integração do buscador Bing em todos os dispositivos da fabricante finlandesa e a integração dos termos de compra digital da Nokia ao Windows Phone 7 em países em que a utilização de cartão de crédito é rara.

"Pro Evolution Soccer 2011" chega aos celulares Android.


Após alguns meses de atraso em relação às versões para outras plataformas, a Konami, enfim, lança o seu jogo de futebol "Pro Evolution Soccer 2011" para os celulares com sistema operacional Android.

O jogo, disponível no Android Market, pode ser comprado por R$ 11,31, já que o site da plataforma para dispositivos móveis criado pelo Google oferece os preços em Real para os usuários originados do Brasil.

Adaptado para os recursos e possíveis limitações do Android, "Pro Evolution Soccer 2011" utiliza o sistema de controle intitulado "True Flow", que permite comandos ágeis através do sistema de reconhecimento de toque das telas dos celulares auxiliado por inteligência artificial e também recursos de acelerômetro.

Além disso, o jogo segue os padrões das versões para consoles e portáteis e conta com visual detalhado dos estádios e jogadores e licenças de alguns dos campeonatos mais importantes do futebol mundial, como a UEFA Champions League e a UEFA Europa League.

Activision planeja unir jogadores de "Call of Duty" em uma única comunidade online.


Os jogadores que não aguentam esperar por um ano para jogar os lançamentos da série de tiro em primeira pessoa "Call of Duty" podem ter em breve uma nova opção na franquia. De acordo com o site da 1Up, a Activision formou um novo estúdio intitulado Beachhead, cujo foco é desenvolver um "inovador projeto de plaraformas digitais e forças especiais para a comunidade de 'Call of Duty'"

Tal "plataforma" já está em desenvolvimento há mais de um ano e prevê oferecer experiências online e integrar pela primeira vez os consoles e o computador. Assim, a produtora espera "criar a melhor comunidade online, conteúdo exclusivo, e um conjunto de serviços para 'turbinar' a experiência de jogo em rede à um nível nunca antes visto."

Ao menos por enquanto, tais promessas parecem promissoras, mas sem muitas informações específicas sobre o que siginifica. Complementando a chuva de promessas da Activision para o seu novo projeto, o presidente da companhia Bobby Kotick afirma que mais informações serão reveladas em um futuro próximo.

Conflito no Vietnã

Capítulo mais recente da franquia de guerra da Activision, "Call of Duty: Black Ops" narra as missões secretas que aconteceram durante a Guerra Fria, período de tensão entre Estados Unidos e a então União Soviética depois da Segunda Guerra.

O game conta com a colaboração de dois especialistas: major John Plaster, veterano do Grupo de Estudos e Observações (SOG na sigla em inglês), uma unidade de operações secretas liderada pela CIA durante a Guerra do Vietnã, e Sonny Puzikas, um membro das forças especiais da antiga União Soviética.

"Call of Duty: Black Ops" está disponível em versões para PC, Xbox 360, PlayStation 3, Wii e Nintendo DS.

Google, Twitter e PayPal não vão revelar dados dos ciberpiratas do PS3.


A batalha da Sony contra o ciberpirata George Hotz pode se tornar ainda mais dificil. De acordo com a declaração da juíza Susan Illston, a Sony não vai poder pedir os dados da equipe Fail0verflow com os sites Google, YouTube, PayPal, SlahsDot e Twitter.

A petição para que esses sites divulgassem os dados dos ciberpiratas foi julgada como improcedente. Com isso, a gigante japonesa terá que buscar os dados por si mesma.

A alegação da companhia se firmava pelo fato que Hotz "não revelou todos os fatos importantes" sobre o seu trabalho na quebra da proteção do PlayStation 3. A empresa tenta enquadrar a equipe do Fail0verflow por divulgar o método de destravamento conhecido como "jailbreak", além de querer acionar também os proprietários de sites que hospedaram tal informação.

No mês passado, a meritíssima decidiu adiar a data do primeiro encontro judicial entre a Sony e George Hotz ao questionar se era apropriado levar o caso para a Califórnia, já que o acusado teria violado a segurança do console em sua residência, que fica no estado de Nova Jersey.

Ainda em janeiro, diversos problemas por conta de códigos ilegais começaram a aparecer na rede, em especial envolvendo o game "Call of Duty: Black Ops", da Activision. Entretanto, Hotz se defende dizendo que nunca pensou que tais combinações seriam usadas para tal finalidade.

Pré-venda de "Homefront" no Steam garante download gratuito de "Metro 2033"



Na tentativa de incentivar as vendas de "Homefront" para PC, a THQ anunciou que aqueles que fizerem a compra antecipada do jogo no sistema de distribuição digital Steam receberão, gratuitamente, o game "Metro 2033".

Somado ao game, a distribuidora também revelou que a reserva do game no Steam dá acesso ao helicóptero Air Assault Drone para a modalidade multiplayer, mas não anunciou se o veículo também estará disponível aos que comprarem a versão convencional do jogo ou optarem por esperar o lançamento do título.

Defendendo o território

"Homefront" se passa durante o ano de 2027, quando as forças norte-coreanas invadiram os Estados Unidos. Os jogadores lutam como parte de um grupo de rebeldes contra as forças de ocupação, na tentativa de impedir seus avanços hostis em um cenário caótico.

O jogo prevê edições para PlayStation 3, Xbox 360 e PC e tem lançamento marcado para março de 2011. À exceção da última versão, em desenvolvimento pela Digital Extremes, o game está em produção pela Kaos Studios.

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Sony impede que PS3 'modificados' acessem a rede PSN.

Sony trabalha para impedir que consoles modificados acessem a rede PlayStation Network.

Em mais uma rodada na batalha da Sony contra os ciberpiratas com consoles PlayStation 3 modificados, a empresa bloqueou - ao menos temporariamente - os usuários que possuem firmware personalizado de acessarem os serviços online da rede PlayStation Network.

A Sony bloqueou dois métodos que permitiam a execução de jogos copiados na PlayStation Network, utilizando o firmware 3.55 personalizado. Com a intervenção da empresa, a rede PSN aceita apenas conexões de consoles com o firmware 3.56, fazendo com que os ciberpiratas não tenham acesso à rede.

Estes métodos envolvem a mudança das configurações do sistema DNS do PlayStation 3, que reporta se o console está rodando o firmware atual ou não.

A Sony já utilizou esses truques antes para impedir os acessos ilegais, porém a solução é temporária, já que o console acaba se abrindo novamente toda vez que a empresa lança uma nova atualização do sistema. De qualquer forma, ao menos por enquanto, a PSN estará menos suscetível aos ciberpiratas e trapaceiros online.

Recentemente, a gigante japonesa ameaçou processar qualquer um que distribuir ou disponibilizar os códigos que contornam a segurança do PlayStation 3, liberados pelo ciberpirata George Hotz. A gigante japonesa exigiu, através de tribunal federal, que os sites Google e Twitter revelassem informações privadas de usuários que comentaram ou assistiram vídeo sobre a quebra de segurança do console.

O bloqueio de uso às redes onlines de consoles não é novidade. A Microsoft utiliza desse recurso para tolir os usuários de Xbox 360 modificados de acessarem a rede Xbox Live. Os chamados 'banimentos' ocorrem regularmente e é a principal arma da empresa contra os ciberpiratas.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

"Pro Evolution Soccer 2011 3D" chega no ocidente no lançamento do Nintendo 3DS.



Os fãs de um bate bola virtual que estão ansiosos para curtir os efeitos tridimensionais de "Pro Evolution Soccer 2011 3D" no portátil 3DS já podem comemorar. Atendendo ao coro da torcida, a Konami anunciou que o jogo vai estar disponível nas lojas em 25 de março, mesma data marcada oficialmente pela Nintendo para a chegada do seu novo portátil na Europa.

A grande novidade de "Pro Evolution Soccer 2011 3D" é o visual em 3D, que pela primeira vez estará disponível em um jogo da série. O game conta com uma nova câmera que privilegia a imersão do jogador e facilita a visão do atleta e tudo ao que acontece no campo ao seu redor.

"O visual permite ao jogador notar o quão longe está um companheiro de sua equipe, permitindo passes longos mais intuitivos e movimentação mais dinâmica da equipe", explica a produtora em nota oficial.

No total, o jogo conta com 60 seleções nacionais e 170 clubes espalhados pelo mundo. Além disso, o jogo conta com narração completa e todas as opções contidas nos jogos para consoles domésticos e PC, como a UEFA Champions League e a tradicional Master League.

De acordo com a Konami, o jogo vai suportar partidas 1 versus 1 via rede local e será compatível com o novo sistema "Street Pass" do portátil - ou seja, quando o portátil detectar algum jogador com um tima na Master League, vai comparar os dados, e, aquele que for mais forte ganhará a disputa. Cumprir certos objetivos vai destravar novos atletas e times para usar no jogo.

Ubisoft prepara novo mapa gratuito para "Assassin's Creed: Brotherhood"



A Ubisoft anunciou em sua página da rede social Facebook que o próximo pacote de conteúdo extra para o seu jogo "Assassin's Creed: Brotherhood", será lançado gratuitamente, para celebrar o número alcançado de um milhão de pessoas na página do jogo no Facebook.

Um novo mapa para o modo multiplayer, "Venezia by Night", será distribuído para comemorar a ocasião. Além disso, a loja online da empresa, UbiWorkshop, divulgou que criou uma nova camisa para celebrar o evento e que também estará oferecendo de 15% nas 24 horas seguintes à meta da empresa.

Para acessar a página do jogo no Facebook, basta clicar aqui.

Confraria de assassinos

"Assassin's Creed: Brotherhood" segue os eventos apresentados no segundo título da série, mostrando um Ezio mais maduro e tratado como mestre da sociedade secreta de assassinos que confronta a legião dos antigos templários.

O alvo agora é Roma, coração do inimigo, o que prova que a tarefa não vai ser nada fácil. Para isso, Ezio conta com a ajuda de outros assassinos, cada um com habilidades diferentes e influências específicas dentro da corte e também em meio à plebe como um todo.

O jogo chegou aos consoles Xbox 360 e PlayStation 3 em 16 de novembro. A versão para PC está agendada para 2011.

Inspirado em série de quadrinhos, "The Darkness II" chega ainda em 2011.



A 2K Games anunciou a produção do jogo de ação sobrenatural "The Darkness II" para PC, PlayStation 3 e Xbox 360, com previsão de lançamento para o segundo trimestre de 2011.

"'The Darkness II' é uma mistura de trevas e violência, um belo pesadelo estilizado", disse Christoph Hartmann, presidente da 2K. "'The Darkness II' continua a tradição da 2K Games em oferecer qualidade e jogos inovadores que estão cheios de atmosfera e histórias profundas".

Segundo Hartmann, o jogo é uma luta entre as trevas e a luz,e os jogadores mais uma vez assumem o papel de Jackie Estacado, mesmo personagem do primeiro game. Com uma ação em primeira pessoa, vai contar com um variado arsenal de armas e poderes sobrenaturais.

O título é sequência do original "The Darkness", lançado em 2007 e produzido pela Starbreeze Studios, inspirado na série de quadrinhos homônima, criada por Marc Silvestri, Garth Ennis e David Wohl.

Desta vez, a sequência está sob produção da Digital Extremes, que é mais conhecida pelos seus trabalhos nos games "Dark Sector", "Unreal Tournament" e no modo multiplayer de "BioShock 2".

Mais informações sobre o título deverão ser divulgadas em breve.

Segundo ESRB, coletâneas de "Splinter Cell" e "Prince of Persia" vão chegar ao X360.


Ao que tudo indica, os donos de PlayStation 3 não serão os únicos a receber coletâneas em alta definição de "Splinter Cell" e "Prince of Persia". De acordo com o site do ESRB, órgão que classifica jogos por faixa etária nos Estados Unidos, ambas as compilações também terão versões para Xbox 360. A data de lançamento não foi divulgada.

Segundo a relação apresentada pelo site, os games que serão lançados em alta definição são "Prince of Persia: The Sands of Time", "Prince of Persia: The Warrior Within", "Prince of Persia: The Two Thrones", "Splinter Cell", "Splinter Cell: Pandora Tomorrow" e "Splinter Cell: Chaos Theory". Não foi informado se os games terão suporte ao sistema de conquistas.

As trilogias

A franquia "Splinter Cell" foi lançada em 2003 para PC, PlayStation 2 e Xbox e chamou atenção pela furtividade de seu protagonista, Sam Fisher. As missões do agente da Third Echelon envolvem entrar e sair de prédios sem ser visto ou causar vítimas. Os jogos "Pandora Tomorrow" e "Chaos Theory" mantiveram o espírito investigativo e sombrio.

Já "Prince of Persia" mostra a história do heroi usando as areias do tempo para derrotar os seus adversários e passar por obstáculos. O jogo foi aclamado pelo público e recebeu duas sequências e, mais recentemente, um longa-metragem.

Edição de colecionador de "Marvel vs. Capcom 3" chega ao Brasil por R$ 299.



Os fãs brasileiros do aguardado jogo de luta que reúne os personagens da Capcom com os da editora Marvel Comics, "Marvel vs. Capcom 3: Fate of Two Worlds", poderão conferir o lançamento nacional do título, confirmado para o dia 22 de fevereiro.

O título, será distribuído pela NC Games e estará disponível em duas versões: a padrão, que custa R$ 199,90 e a edição de colecionador, pelo valor de R$ 299,90.

Além do jogo, o pacote da edição especial traz um livro de artes com capa metálica, um mês de acesso ilimitado ao acervo online de quadrinhos da Marvel, uma revista em quadrinhos de 12 páginas e dois novos personagens que podem ser baixados nas redes Xbox Live e PlayStation Network, Jill Valentine e Shuma Gorath.

Para fazer a divulgação do jogo em território nacional, a distribuidora irá realizar campeonatos em parceria com as principais lojas do país, sendo que os vencedores serão premiados com uma quantia em dinheiro. Os confrontos serão realizados no mês de março, e mais informações como locais, premiações e horários serão divulgados em breve.

"Marvel vs. Capcom 3: Fate of Two Worlds" está em desenvolvimento para PlayStation 3 e Xbox 360 e tem lançamento marcado para 15 de fevereiro.

Encontro de dois mundos

"Marvel vs. Capcom 3: Fate of Two Worlds" é um jogo de luta que une os personagens dos quadrinhos e da produtora de jogos. A Capcom diz que se inspirou nos quadrinhos americanos para definir o direcionamento visual do título.

A história do jogo mostra uma parceria dos vilões Doutor Destino e Albert Wesker para montar uma equipe que poderia desturir ambos os mundos da Capcom e da Marvel. Assim sendo, o resultado é uma batalha que vai determinar o destino dos dois mundos.

"Assassin's Creed: Brotherhood" tem a melhor história dos games de 2010, diz academia.


O Sindicato dos Roteiristas dos Estados Unidos, o Writers Guild of America, premiou neste sábado (5) o jogo "Assassin's Creed: Brotherhood" na categoria "melhor roteiro de games".

O título da Ubisoft concorria com outros jogos, como "Fallout: New Vegas", "God of War III", "Prince of Persia: The Forgotten Sands", "Singularity" e "Star Wars: The Force Unleashed II".

Segundo Micah Wright, presidente e membro da comissão do WGA, explicou que para os jogos serem elegíveis nas candidaturas é necessário ser membro do Videogame Writers Caucus e por causa disso, jogos como "Mass Effect 2" e "Red Dead Redemption" não tiveram seus roteiros apresentados no WGA.

Vencedores de categorias de outras mídias foram os filmes "A Origem" e "A Rede Social", respectivamente como "melhor roteiro original" e "melhor adaptação" para o cinema.

Para ler a lista completa dos vencedores do WGA, clique aqui.

Confraria de assassinos

"Assassin's Creed: Brotherhood" segue os eventos apresentados no segundo título da série, mostrando um Ezio mais maduro e tratado como mestre da sociedade secreta de assassinos que confronta a legião dos antigos templários.

O alvo agora é Roma, coração do inimigo, o que prova que a tarefa não vai ser nada fácil. Para isso, Ezio conta com a ajuda de outros assassinos, cada um com habilidades diferentes e influências específicas dentro da corte e também em meio à plebe como um todo.

O jogo chegou aos consoles Xbox 360 e PlayStation 3 em 16 de novembro. A versão para PC está agendada para 2011.

Jogo baseado em "De Volta para o Futuro" chega ao PS3 em 15 de fevereiro.



A Telltale Games, produtora de "Back to the Future", anuncia que a versão para PlayStation 3 do jogo baseado na franquia de filmes "De Volta para o Futuro" chega à PSN norte-americana em 15 de fevereiro.

Segundo os produtores, esta é a data marcada para o lançamento do primeiro episódio, intitulado "It's About Time", já disponível para PC e Mac desde 22 de dezembro. Os cinco episódios para PlayStation 3 custam US$ 19,99 e apesar de somente um episódio ter sido lançado até o momento, os demais episódios poderão ser baixados sem custo adicional conforme forem lançados no decorrer de 2011.

Além do PlayStation 3, "Back to the Future: The Game" é esperado também para iPad, com lançamento previsto também para o mês de fevereiro.

Viajando pelo tempo

A história do jogo ocorre logo após os eventos da trilogia original, e conta com a dublagem do ator Christopher Lloyd, no papel do excêntrico doutor Emmet Brown, o mesmo personagem nos filmes da franquia. Além dele, outro nome é o de Bob Gale, roteirista dos três filmes que está envolvido no projeto, trabalhando com a Telltale para escrever a história do jogo, que está previsto para ter cinco episódios.

O ator Michael J. Fox, que faz o protagonista Marty McFly, cedeu os direitos de uso da imagem do personagem, que será dublado por Al LoCascio, um dublador novato que imitou a voz original.

Além do PC e Mac, "Back to The Future: The Game" é esperado também para o PlayStation 3 via PlayStation Network e iPad.

Namco Bandai anuncia "Ridge Racer Unbounded" para PS3 e X360.

Novo jogo de corrida da Namco Bandai chega em 2012.


Após ganhar uma versão exclusiva para Xbox 360 (Ridge Racer 6, de 2005) e para o PlayStation 3 (Ridge Racer 7, de 2006), a série "Ridge Racer" finalmente vai ganhar uma versão multiplataforma na atual geração de consoles.

A Namco anuncia o lançamento de "Ridge Racer Unbounded", novo game da franquia de corrida com apelo arcade que tem lançamento simultâneo para PlayStation 3, Xbox 360 e, pela primeira vez na franquia, para computadores.

Até o momento, há poucas informações sobre "Unbounded" além do curto teaser trailer demonstrado pela Namco. Apesar de não confirmar, o vídeo não conta com cenas do jogo propriamente dito, mas apresenta um conceito que pode fugir completamente dos padrões da série. Logo no início, o teaser sugere uma "troca" de carros da personagem, que larga o seu modelo tradicionalmente futurista da série para pilotar um bólido em estilo muscle car norte-americano.

Além disso, logo na primeira arrancada da moça, o carro colide com outro veículo no cruzamento e inicia uma grande destruição do cenário. A resposta sobre quais destes elementos estarão presentes no jogo será dada até 2012, que é a única data confirmada pela Namco para o lançamento do game.

O jogo está em desenvolvimento pela Bugbear Entertainment, estúdio finlandês responsável pela série de corrida com destruição FlatOut e da versão para PSP de "Sega Rally Revo", de 2007. Caso o jogo conte realmente com cenas de destruição de veículos, pode-se dizer que a franquia da Namco não poderia estar em melhores mãos.

Ao ser questionada sobre a possível mudança na série, a Namco se esquiva com mistério "Nós todos estamos cientes de como é esse conceito", explica o diretor de "Ridge Racer 3DS", Masamichi Yamasaki, que aproveita para deixar claro sobre sua posição sobre o novo jogo e o que "Unbounded" representará na franquia.

"Nós não somos as pessoas certas para falar sobre esse título. Todos os 'Ridge Racers' possuem os seus próprios conceitos para audiências diferentes. Este é um jogo bem diferente de 'Ridge Racer 3DS', que é um sucessor mais legítimo da série", conclui.

"Fallout: New Vegas" terá mais três conteúdos extras por download.



Os ambientes pós-apocalípticos de "Fallout: New Vegas" vão se expandir, pois a Bethesda anunciou que tem planos de lançar mais três pacotes de conteúdo extra via download para o jogo, nos "próximos meses".

Os pacotes ainda não tiveram seus detalhes divulgados, mas a empresa confirmou que serão lançados simultaneamente para os sistemas PC, Xbox 360 e PlayStation 3, e que "em breve" vai compartilhar mais informações sobre o conteúdo.

Recentemente a companhia registrou três nomes, que já sugeriam que algo estava para vir. Os nomes são "Honest Hearts", "Lonesome Road" e "Old World Blues".

A Bethesda também anunciou que o seu primeiro pacote de expansão para o jogo, "Dead Money", lançado exclusivamente para Xbox 360 em dezembro, chega para o PlayStation 3 e PC no dia 22 de fevereiro.

Caos em Vegas

"New Vegas" não é uma continuação de "Fallout 3", RPG de ação que é considerado um dos melhores lançamentos de 2008, mas mais um game que se passa no universo de "Fallout".

Desta vez o cenário é Vegas, uma cidade encravada no meio do deserto, assim como Las Vegas. É nesse lugar cheio de néons que se desenvolve a ação e humor pós-apocalípticos pelos quais a franquia é conhecida.

"Fallout: New Vegas" está disponível para PC, PlayStation 3 e Xbox 360.

Sony incentiva conectividade entre jogos de NGP e PS3.

Jogos de NGP vão ser mais conectados com o PS3, diz site.

O PlayStation 3 é uma plataforma forte, e o próximo portátil da Sony, provisoriamente intitulado Next Generation Portable (NGP), promete seguir o mesmo caminho. Entretanto, a empresa não quer que os videogames sigam distantes um do outro, e já pede para que as produtoras pensem em formas de possibilitar conexões entre ambos.

De acordo com um desenvolvedor que já está familiarizado com o portátil, a Sony quer que os jogos ofereçam algum tipo de conteúdo extra na versão para NGP quando cruzados com a edição destinada ao PlayStation 3. Não foi informado, no entanto, se isso é válido para games existentes (como "Uncharted" e "Uncharted 2", por exemplo) ou apenas para títulos futuros.

Também foi informado que a empresa lançará o portátil em duas edições diferentes: a que apresenta apenas conexão Wi-Fi, agendada para 2011, e a que apresenta Wi-Fi e 3G, com lançamento marcado para o perído de festas de final de ano.

Novo portátil

Segundo Kaz Hirai, presidente da Sony, o NGP é um nome provisório para o novo portátil, que tem data de lançamento marcada para o final de 2011. O aparelho tem formato similar ao PSP-3000, porém pretende acabar com as reclamações dos jogadores retirando o disco analógico e colocando em seu lugar duas alavancas analógicas.

O aparelho conta com uma touch screen multitoque de cinco polegadas na parte de trás e duas câmeras, sendo uma frontal e outra traseira. Além dessas novidades, o novo portátil possui um giroscópio interno e um GPS integrado. Todos esses recursos podem ser usados para jogos ou aplicativos que serão disponibilizados na PlayStation Store.

Além de ter memória interna, o NGP terá cartuchos chamados "New Game Media", nome também provisório, segundo a empresa. Somado a isso, o portátil é compatível com todos os jogos para PSP da loja virtual da Sony.

A Sony disse que o novo videogame vai ter diversas funcionalidades online, e por isso ele será dotado de conexões Wi-Fi e 3G para baixar jogos diretamente da PlayStation Network, por exemplo. Entre as funcionalidades de rede está a possibilidades de arrecadar troféus da mesma forma que acontece em jogos para PlayStation 3.

"Halo: Combat Evolved" terá versão em alta definição, diz site.



"Halo: Combat Evolved" (ou apenas "Halo" para os fãs) chegou às lojas em 14 de novembro de 2001 para Xbox, e para celebrar o aniversário de 10 anos do game o lançamento do remake para Xbox 360 foi agendado para 15 de novembro. A informação é do site Joystiq.

Segundo o site mencionado, a nova versão de "Halo: Combat Evolved" está sob os cuidados da Saber Interactive (de "TimeShift") e não traz apenas gráficos melhorados, mas também controles que se aproximam mais do que é visto nos títulos recentes da série, além de suporte à resolução de 1080p e a televisores equipados com tecnologia 3D.

Ao contrário do game original, o site Joystiq também relata a possibilidade de realizar partidas cooperativas online - no game original isso só era permitido para dois jogadores em tela dividida.

Sucesso

"Halo: Combat Evolved" foi o primeiro game da popular série de tiro em primeira pessoa produzida pela Bungie Studios. O título teve mais de cinco milhões de unidades vendidas e também foi lançado para outras plataformas: em 2003 chegou aos sistemas operacionais Windows (numa versão produzida pela Gearbox Software) e Mac OS X. Atualmente é vendido para Xbox 360 via download, na seção Originais Xbox.

"Call of Duty: Black Ops" foi o jogo mais popular do Xbox Live em 2010.


Após três meses desde seu lançamento "Call of Duty: Black Ops" continua conquistando recordes. A marca mais recente alcançada pelo título foi a de game mais popular na rede Xbox Live em 2010, conforme revelado em mensagem publicada no blog de Larry Hryb, diretor de programação da rede do Xbox 360 que também é conhecido como Major Nelson.

A contagem levou em consideração apenas o número de usuários únicos na primeira semana de lançamento do game, e na comparação entre períodos o game da Activision conseguiu superar outros jogos fortes o suficiente para conquistar tal posto, como "Halo: Reach" e "Red Dead Redemption".

Major Nelson apresentou também os mais adquiridos no Xbox Live Arcade e na seção de jogos independentes. Após a apuração, que também considerou apenas os primeiros sete dias de comercialização e as compras de versões completas, os títulos que ficaram com as melhores posições foram "Dead Rising 2: Case Zero" e "Baby Maker Extreme", respectivamente.

Veja a seguir como ficou cada um dos rankings, que trazem 20 títulos em cada categoria e consideram apenas os games lançados em 2010:


TÍTULOS MAIS VENDIDOS EM 2010 NO XBOX LIVE ARCADE
Call of Duty: Black Ops
Halo: Reach
Red Dead Redemption
Fable III
Battlefield: Bad Company 2
Medal of Honor
Mass Effect 2
FIFA Soccer 11
Fallout: New Vegas
BioShock 2



TÍTULOS MAIS VENDIDOS EM 2010 NO XBOX LIVE ARCADE
Dead Rising 2: Case Zero
Halo: Reach
Limbo
Perfect Dark
Toy Soldiers
Monday Night Combat
Deadliest Warrior
Dead Rising 2: Case West
X-Men Arcade
Castlevania Harmony of Despair


TÍTULOS INDEPENDENTES MAIS VENDIDOS EM 2010
Baby Maker Extreme
Avatar Showdown
Avatar Paintball
Avatar Ninja!
Avatar Racedrome
Try Not To Fart
Nuclear Wasteland
Avatar Onslaught
Yet Another Zombie Defense
Zombie Estate

Lançamento de "DiRT 3" é agendado para 24 de maio nos EUA.



A Codemasters confirmou que a terceira versão de seu popular game de corrida de off-road,"DiRT 3", chega o mercado mundial no dia 24 de maio de 2011, para os sistemas PC, Xbox 360 e PlayStation 3.

O jogo promete trazer o dobro de pistas se comparado à versão anterior. Estas estão situadas em localidades como Mônaco, Noruega, Aspen e planícies africanas, cada uma com clima e detalhes característicos.

O game permite aos jogadores conduzir modelos de carros que vão da década de 1990 aos dias atuais. Mais de 50 bólidos estão confirmados, entre eles o Audi Quattro, o Delta Integrale, o Mini Cooper e o Ford Fiesta do piloto Ken Block. Outros utilitários, como buggies e caminhões, fazem parte da relação.

Variedade

O modo de carreira traz novidades e agora envolve corridas em equipe. O personagem principal inicia como um piloto que conduz carros da década de 1990 e ganha o direito de entrar na cabine de novos veículos conforme progride no jogo.

Outra adição é que "DiRT 3" ganhou um novo sistema de combo que avalia a distância entre o seu carro e os objetos presentes no cenário, o que torna as corridas um pouco mais técnicas e influencia diretamente na sua pontuação em cada prova. Para a modalidade multiplayer a produtora reserva as opções Transporter, Goldrush, Outbreak e Cat 'n' Mouse, que ainda não tiveram detalhes divulgados.

Por fim, também foi revelado pela revista que o game contará com um sistema de integração com o YouTube, permitindo aos jogadores gravar seus melhores momentos em cada percurso e para disponibilizá-los posteriormente no site.

Com 11 anos de idade, PS2 continua vendendo bem, aponta relatório.

Após 11 anos, PS2 continua vendendo bem, aponta relatório da Sony.

Lançado em 2000 e tecnicamente abandonado pela Sony em 2006 após o lançamento do PlayStation 3, o PlayStation 2, mesmo com 11 anos de vida, ainda figura entre os produtos mais vendidos da empresa japonesa.

Em um último relatório financeiro divulgado pela Sony, o PlayStation 2 surpreendeu até os mais céticos sobre seu potencial de vendas e continua reforçando os cofres de sua fabricante. O que mais impressiona sobre o PS2 é que as suas vendas praticamente se mantiveram estáveis nos últimos anos, chegando até a superar o portátil PSP em certos meses. No primeiro quadrimestre de 2010, o bom e velho console chegou a superar o PSP com 1,6 milhões de unidades vendidas, contra 1,2 milhões do portátil.

O relatório que fecha o terceiro quadrimestre do ano fiscal de 2010 (que corresponde os meses de outubro a dezembro), a Sony totalizou 6 milhões de unidades de PlayStation 2 vendidas. Já o PSP tem no total 8 milhões de aparelhos vendidos e o PS3 ultrapassou a marca de 11 milhões de consoles entregues aos consumidires.

Somente entre os meses de outubro de 2009 e dezembro de 2010, a segunda geração do console da Sony vendeu 2,1 milhões de unidades em todo o mundo. Esta quantia foi uma das responsáveis para o aparelho alcançar a marca de 150 milhões de consoles vendidos.

O sucesso do Playstation 2 é, há tempos, celebrado pela Sony. O console já superou em vendas consoles como o SNES, NES, DS, Wii e seu predecessor, o PlayStation.

Especialistas apontam que entre os responsáveis pela longevidade do console estão o preço de US$ 99 e sua vasta biblioteca de jogos de qualidade, como "Ico", "Grand Theft Auto: Vice City", "God of War", "Shadow of the Colossus", "Okami", "Final Fantasy XII", "Gran Turismo 3", "Metal Gear Solid 2", "Devil May Cry" e "God of War II".

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

"Dead Space 2" vendeu dois milhões de unidades em uma semana.



A Eletronic Arts deve estar bem satisfeita com a performance de vendas do seu jogo de terror espacial "Dead Space 2", anunciando que o título vendeu dois milhões de unidades em sua primeira semana nas lojas.

John Schappert, diretor de operações da EA, disse durante um discurso numa conferência de investidores, que o título já ultrapassou as expectativas da empresa vendendo "o dobro das vendas em relação ao jogo original".

Com o bom desempenho nas vendas do jogo, só é uma questão de tempo até a Eletronic Arts anunciar uma terceira sequência, para alegria dos fãs de Isaac Clarke.

Terror no espaço

"Dead Space 2" coloca o jogador em um ambiente ainda mais caótico. No controle de Isaac Clarke os jogadores terão em suas mãos novas ferramentas para "cortar e desmembrar os Necromorphs", enquanto ele foge da estação espacial Sprawl. Além da campanha para um jogador, que será mais voltada para ação que a original, o game prevê um intenso componente multiplayer.

"Dead Space 2" chegou às lojas no dia 25 de janeiro em versões para PlayStation 3, PC e Xbox 360.

Conquistas de jogos da Epic não vão dar itens extras em "Gears of War 3"



A Epic tinha planos de oferecer extras exclusivos em "Gears of War 3" para os jogadores que tivessem jogado outros games da empresa, como "Bulletstorm". Porém, ao que parece, essa opção não estará mais disponível.

Joe Graf, designer de mecânicas de jogo, disse em sua conta da rede social Twitter que "'Gears of War 3' não pode ler as conquistas de 'Bulletstorm', 'Shadow Complex' e 'Unreal Tournament 3' para liberer itens extras. Desculpem por isso", escreveu ele na noite passada.

Mas a boa notícia é que ele confirmou que os dois primeiros títulos da franquia vão liberar extras desbloqueáveis no terceiro jogo.

O início do período de teste da modalidade multiplayer de "Gears of War 3" está previsto para abril de 2011. A empresa anunciou recentemente, que a edição especial de "Bulletstorm" traz alguns brindes para a modalidade multiplayer do título, bem como o acesso antecipado ao teste de "Gears of War 3".

Ponto final

A série "Gears of War" foi aclamada pela crítica e mostra uma história focada no Esquadrão Delta, um grupo de soldados que recebe a missão de salvar o planeta Sera do exército de Locusts, criaturas horrendas que vêm do subterrâneo.

Revelado em meado de abril, "Gears of War 3" fecha a trilogia que narra o conflito dos humanos, representados pela trupe de Marcus Fenix, contra os Locusts.

"Gears of War 3" tem lançamento marcado para o quarto trimestre de 2011.